Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Defesa de Lula recorre a comitê da ONU para tentar liberar candidatura

Petição requer que o comitê dê nova decisão reiterando a obrigação do Estado brasileiro de acatar o entendimento de 17 de agosto

Folha de São Paulo
Brasília (DF)
04/09/2018 às 16H38

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou que apresentou na noite desta segunda-feira (3) uma petição ao Comitê de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) para assegurar que o Brasil cumpra a decisão do órgão e libere a candidatura do petista.

A petição requer que o comitê dê nova decisão reiterando a obrigação do Estado brasileiro de acatar o entendimento de 17 de agosto.

Na ocasião, o órgão disse que o Estado brasileiro deveria tomar todas as medidas necessárias para permitir que Lula exercitasse seus direitos políticos da prisão como candidato.

A posição do comitê da ONU, contudo, não foi observada pela maioria dos ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que votou pelo indeferimento da candidatura do ex-presidente.

>> Comitê da ONU dá liminar pela candidatura de Lula, diz defesa

Favreto argumentou que sua decisão tinha como objetivo garantir a liberdade de um pré-candidato à Presidência de se manifestar em atos de pré-campanha - Ernesto Rodrigues/Folhapress
Defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou que apresentou petição ao Comitê de Direitos Humanos da ONU - Ernesto Rodrigues/Folhapress



Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade