Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Concessionária apresenta detalhes do Floripa Airport, o novo aeroporto da Capital

O investimento será de R$ 500 milhões em até dois anos; a proposta é de um espaço sustentável equipado com business center e espaço para serviços e exposições

Redação ND
Florianópolis
26/09/2017 às 11H56

Floripa Airport. É assim que foi oficializado o novo nome da concessionária que, a partir de janeiro de 2018, assume 100% o comando de operação do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, de Florianópolis. Pertencente à Zurich Airport, a empresa anunciou, nesta terça-feira (26), detalhes do novo terminal, melhorias para o aeroporto existente e sua nova identidade visual. Com investimento de R$ 500 milhões em até dois anos, o projeto apresentado será quatro vezes maior que o atual aeroporto totalizando 41 mil metros quadrados.

O novo terminal de passageiros - Divulgação/Zurich Airport/ND
O novo terminal de passageiros - Divulgação/Zurich Airport/ND



Tobias Markert, CEO da Floripa Airport, enfatiza que vai entregar uma operação aeroportuária de última geração. “O elevado padrão de qualidade suíço será combinado com a alegria brasileira
em prover o melhor serviço para passageiros, parceiros e comunidade”, assegura Markert. Um dos objetivos da concessionária é que o novo projeto seja mais que um aeroporto: a ideia é se tornar um lugar de passeio, importante centro comercial com opções de entretenimento, eventos, exposições, business center e serviços. 

Para isso, o aeroporto reserva um amplo espaço de 4 mil metros quadrados de área comercial, incluindo uma praça de alimentação. O novo terminal, a ser entregue em outubro de 2019, vai oferecer grandes espaços abertos, com ambiente confortável e cores acolhedoras, além de ser equipado com tecnologia de ponta e ter possibilidades de compra diferenciadas. Diferente do atual, o embarque e o desembarque serão realizados em pisos distintos. Também haverá um terraço-mirante para visitantes. O projeto do novo terminal prevê integração com a natureza da Ilha e traz em suas características arquitetônicas linhas que remetem à paisagem de Florianópolis, bem como as cores e outros elementos da região.

O projeto prevê 10 portões de embarque equipados com fingers (pontes de embarque cobertas, inexistentes no terminal atual) - Divulgação/Zurich Airport/Nd
O projeto prevê 10 portões de embarque equipados com fingers (pontes de embarque cobertas, inexistentes no terminal atual) - Divulgação/Zurich Airport/Nd




Terminal Eco-Friendly

O novo terminal vai adotar uma série de medidas que contribuem para a
sustentabilidade:

  •  O reaproveitamento da água da chuva para irrigação dos jardins e para
    serem utilizadas em descargas dos vasos sanitários e demais pontos que
    não necessitam de água potável;
  • Sunshade Glass - bloqueia parte dos raios solares e protege do calor,
    demandando menos gasto energético de ar condicionado;
  •  Aproveitamento da luz natural - ao mesmo tempo, o projeto utilizará vidros
    especiais para aproveitamento da luz natural durante o dia, diminuindo a
    necessidade de gasto energético;
  •  Jardins internos - o microclima produzido pela vegetação contribui para a
    diminuição do gasto energético em climatização;
  • LED - grande parte da iluminação será com lâmpadas LED, melhorando a
    eficiência energética e diminuindo a demanda
Projeto da futura sala de embarque do Floripa Airport - Zurich Airport/Divulgação/ND
Projeto da futura sala de embarque do Floripa Airport - Zurich Airport/Divulgação/ND



Terminal existente

No terminal atual, a nova administração prevê melhorias que ficarão prontas em maio de 2018. Os toaletes serão revitalizados e a área de passageiros receberá nova pintura e mudanças de layout. A sinalização interna e externa será readequada e o sistema de iluminação será aperfeiçoado durante o período. Atualmente o terminal existente recebe em média 3,7 milhões de passageiros ao
ano, enquanto a capacidade projetada para o novo terminal é de 8 milhões. Para suportar tal movimento, o projeto prevê 10 portões de embarque equipados com fingers (pontes de embarque cobertas, inexistentes no terminal atual), sendo três destinados à área internacional (podendo ser reversíveis) e sete domésticos. Serão oito esteiras de bagagem (seis para voos domésticos e
duas para internacionais reversíveis). 

O estacionamento a ser construído, comportará 2530 vagas destinadas exclusivamente aos passageiros e visitantes. Aumento de contratações Em relação às contratações, a concessionária prevê aumento no número de vagas para profissionais do aeroporto de 130 para 165, pois hoje a operação da Infraero é em parte realizada em Brasília. Tobias Markert ressalta a vontade de
estruturar a empresa valorizando os profissionais locais. 

A Zurich Airport venceu a concessão para operar o aeroporto até 2047 e assume efetivamente a partir de 1º de janeiro de 2018 como Floripa Airport. A companhia
tem participado de todas as rodadas de privatização dos aeroportos brasileiros
até agora e faz parte do consórcio que opera o Aeroporto de Confins, em Belo
Horizonte, desde 2014.
Atualmente, a Zurich Airport opera 10 aeroportos em nove operações na
América Latina, Bogotá, Curaçao, três aeroportos no Chile e quatro aeroportos
em Honduras.

Números novo terminal
 Área Total Aeroporto: 41 mil metros quadrados (4x maior que o aeroporto atual)
 Área Comercial: 3.940 metros quadrados
 Capacidade do aeroporto vai dobrar com a inauguração do novo terminal e
passará para 8 milhões de passageiros/ano.  
 Conceito do novo terminal: prédio com dois pisos
 Número de guichês para check-in: 40 posições
 Número de vagas no estacionamento: 2530 vagas
 Esteira de bagagem: 8 (2 internacionais e 6 domésticos)
 Portões de embarque: mínimo 15 (3 internacionais e 12 domésticos)
 Fingers: 10


Outras facilidades e features:
 Ampliação da pista de pouso/decolagem: 2.400 metros
 Novo tratamento de esgoto
 Eco-Friendly: reaproveitamento de água da chuva
 Terraço para visitantes
 Melhorias no sistema de segurança
 Implementações de pista de táxi paralela com ligação direta às cabeceiras da
pista de pouso/decolagens

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade