Publicidade
Terça-Feira, 18 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Comunidade universitária escolhe nesta quarta-feira o novo reitor da UFSC

Mais de 40 mil professores, técnicos-administrativos e estudantes estão aptos a votar nas urnas eletrônicas, disponíveis em Florianópolis, Joinville, Curitibanos, Araranguá e Blumenau

Redação ND
Florianópolis
28/03/2018 às 08H10

Mais de 40 mil professores, técnicos-administrativos e estudantes matriculados em cursos de graduação e pós-graduação e do Colégio de Aplicação (com idade mínima de 16 anos) escolhem nesta quarta-feira (28), das 8h às 21h, o novo reitor da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Três nomes concorrem ao cargo vago pelo professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, morto no dia 2 de outubro de 2017: Edson Roberto De Pieri, diretor do CTC (Centro Tecnológico); Irineu Manoel de Souza, diretor do CSE (Centro Socioeconômico) e Ubaldo Cesar Balthazar, reitor pro tempore, que exercia a direção do CCJ (Centro de Ciências Jurídicas). Na última quinta-feira (22), os três candidatos participaram de um debate na universidade

Candidatos ao cargo de reitor da UFSC participaram de um debate na última quinta-feira - Henrique Almeida/Agecom/UFSC/Divulgação/ND
Candidatos ao cargo de reitor da UFSC participaram de um debate na última quinta-feira - Henrique Almeida/Agecom/UFSC/Divulgação/ND


As urnas estarão disponíveis nos campi Florianópolis, bairros Trindade e Itacorubi, Joinville, Curitibanos, Araranguá e Blumenau. A apuração dos votos começa às 21h e o resultado do primeiro turno da consulta pública será conhecido ainda nesta quarta. Se necessário, o segundo turno será no dia 11 de abril.

O TER-SC (Tribunal Regional Eleitoral) apoiará a consulta pública na UFSC, por meio da cessão de urnas eletrônicas. Para a consulta, o TRE disponibilizará cerca de 84 urnas. Estão aptos a votar 40.049 eleitores. Segundo o chefe da seção do voto informatizado, João Sebastião de Andrade, o tribunal preparou as urnas, organizou o cadastro de eleitores, treinou mesários e digitalizou e inseriu as fotos dos candidatos.

A totalização dos votos ficará sob a responsabilidade da UFSC. A Comeleufsc (Comissão Eleitoral) conduz todos o processo de consulta à comunidade, realizada historicamente desde a década de 1980.

Todo o processo passa pela consulta informal da comunidade universitária e pelo CUn (Conselho Universitário). Uma lista tríplice é encaminhada ao Ministério da Educação para que o presidente da República nomeie o novo reitor. Pela legislação, com a vacância do cargo em 2 de outubro de 2017, a universidade teria 60 dias para escolher o novo gestor. Mas devido à excepcionalidade da situação, o MEC concedeu um prazo maior à UFSC.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade