Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Julho de 2017
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 15º C

Com previsão de frio intenso, Centro Pop receberá moradores de rua em São José

Até 60 pessoas poderão ser atendidas nas três próximas noites

Redação ND
Florianópolis
17/07/2017 às 12H23

Moradores em situação de rua poderão procurar o Centro Pop de São José nesta segunda (17), terça (18) e quarta (19) que estará aberto a noite por causa da previsão de frio intensa. O abrigo emergencial poderá receber até 60 pessoas que serão acolhidas a partir das 19h com banho, janta e café da  manhã. 

Estrutura conta com colchões e cobertores que serão oferecidos aos moradores em situação de rua - Divulgação/PMF/ND
Estrutura conta com colchões e cobertores que serão oferecidos aos moradores em situação de rua - Divulgação/PMF/ND



A administração municipal adquiriu novos cobertores, lençóis, travesseiros e colchões para receber as pessoas em situação de vulnerabilidade social durante os três dias que, segundo a previsão meteorológica, serão de temperaturas abaixo de 9º. A secretária de Assistência Social, Rose Bartucheski, ressalta que o município está acompanhando as notícias sobre as temperaturas que vão cair nos próximos dias. “A Prefeitura de São José receberá pessoas que estão alojadas em praças e ruas, prevenindo problemas que podem ocorrer devido às baixas temperaturas e zelando pela vida dessas pessoas”, salienta Rose.

Segundo o coordenador do Centro Pop, Mário Sérgio do Nascimento, as equipes estão preparadas. “Os moradores em situação de rua vão passar por um cadastro e depois terão direito à alimentação, banho e local para dormir”, explica o coordenador do Centro Pop.

O Centro Pop de São José fica localizado às margens da BR-101, na Rua Camilo Veríssimo da Silva, 104, no bairro Roçado. A Guarda Municipal de São José e a Polícia Militar de Santa Catarina vão apoiar a equipe da Assistência Social durante esse período. 

Publicidade

1 Comentário

  • Geraldo
    Ontem quando vinha da caminhada, na Praia Cumprida, moradores de rua, estavam perto da porta de entrada, do prédio que suponho funcionou um Albergue, em que vândalos estão "depenando" retirando as aberturas. Dinheiro público e, prédio aparentemente com a alvenaria boa (instalações) que a Prefeitura está deixando ruir. Quando funcionou, até há alguns meses atrás: se avistava pelas janelas a presença de biliches com roupa de cama e até um computador na entrada, possivelmente para fazer cadastro de quem ali pernoitava.
Publicidade
Publicidade
Publicidade