Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Com 100 dias à frente do Aeroporto Hercílio Luz, Floripa Airport anuncia mais melhorias

Reforma do estacionamento, dos banheiros e melhorias no saguão e na sala de embarque estão em andamento no atual terminal de passageiros. Já o acesso ao novo terminal ainda é motivo de preocupação

Michael Gonçalves
Florianópolis
11/04/2018 às 20H22

A Floripa Airport completa nesta quinta-feira (12) cem dias à frente da administração do Aeroporto Internacional Hercílio Luz. Tobias Market, CEO da Floripa Airport, informou que o foco está na construção do novo terminal de passageiros, que deve ficar pronto até 1º de setembro, mas os investimentos no atual prédio continuam em ritmo acelerado. Além do aumento da inspeção de segurança, que passou de três aparelhos de raio-X para cinco, os 12 mil passageiros diários perceberão as melhorias com o início das obras nos banheiros e no estacionamento, além da troca do mobiliário. A obra dos acessos ao novo terminal, que é de responsabilidade do governo do Estado, ainda preocupa o suíço do grupo Zurich.

O investimento para a construção do novo terminal é de R$ 550 milhões - Daniel Queiroz/ND
O investimento para a construção do novo terminal é de R$ 550 milhões - Daniel Queiroz/ND


O investimento para a construção do novo terminal é de R$ 550 milhões. Para o atual terminal, que será desativado em 2019, mais R$ 5 milhões. “Estamos realizando melhorias que o público não vê. Fizemos adaptações na parte de segurança que não eram atendidas pela Anac [Agência Nacional de Aviação Civil] e colocamos fim ao vazamento no telhado, além da mudança nas lâmpadas, aumento da inspeção de segurança e o visual mais ‘clean’ da fachada do terminal”, afirmou Market.

Atualmente, um passageiro de voo internacional leva nove minutos para passar pela inspeção de segurança. O doméstico demora quatro minutos. Antes do aumento de 35% na capacidade de inspeção, os passageiros demoravam o dobro do tempo. Market também destacou a separação do lixo, que não existia. Hoje, 44% do lixo do aeroporto é separado, mas o objetivo é chegar a 90%.

A previsão em contrato para a inauguração do novo terminal é no dia 31 de outubro, mas a Floripa Airport quer antecipar para o dia 1º de setembro. “Para alguns diretores do grupo, investir R$ 5 milhões em um prédio que será desativado daqui a 20 meses é uma loucura, mas temos a certeza que é uma necessidade. Agora, vamos reformar os banheiros, as salas de embarque ganharão cortinas de ar e o estacionamento terá uma passarela coberta para pedestres e uma nova camada de asfalto”, anunciou.

A Floripa Airport também adquiriu um “ambulift”, veículo responsável por elevar as pessoas com deficiência até as aeronaves. Por mês, embarcam 180 pessoas com algum tipo de deficiência.

O Aeroporto Internacional Hercílio Luz recebe 12 mil passageiros diariamente - Daniel Queiroz/ND
O Aeroporto Internacional Hercílio Luz recebe 12 mil passageiros diariamente - Daniel Queiroz/ND

Lojas revitalizadas e novos empreendimentos no antigo terminal

Mesmo com o tempo limite para ser ocupado, o atual terminal de passageiros continua recebendo novas lojas. Além disso, os comércios já estabelecidos também aceitaram revitalizar os espaços.

Segundo o gerente comercial da Floripa Airport, David Mccarthy, existe o trabalho para que os preços sejam os mesmos praticados em outros centros comerciais. “As empresas entenderam a importância da revitalização dos espaços, que resultaram no aumento nas vendas. As vitrines estão mais limpas e claras”, disse. Para o novo terminal, a Floripa Airport fará licitação para a escolha das lojas, lanchonetes e restaurantes no segundo semestre deste ano.

O Schaefer Pub é uma das novidades no aeroporto. O ambiente oferece mercadorias produzidas na região e cervejas artesanais. “Oferecemos diferentes tipos de cerveja, além de queijos e refrigerantes da região”, afirmou o sócio-proprietário Wilson Bona.

Acesso pela SC-405 é inviável, diz Market

A construção do acesso ao novo terminal ainda preocupa Tobias Market, em função do curto espaço de tempo. As obras do terminal estão dentro do cronograma. O risco de o terminal ficar pronto antes do acesso é real, em função da falta de desapropriações e do edital de licitação de um trecho que ainda não foi lançado. “A licitação está atrasada um mês pelo cronograma divulgado em fevereiro, mas estamos confiantes que o governador está empenhado em deixar a obra pronta a tempo. Acredito que um plano B deve ser levado em consideração, já que ainda faltam 80 imóveis para serem desapropriados. Obrigar 12 mil passageiros por dia e 1.820 funcionários do aeroporto a passar pela SC-405 é inviável”, afirmou.

Construção do acesso ao novo terminal deve reduzir o fluxo pela SC-405 - Daniel Queiroz/ND
Construção do acesso ao novo terminal deve reduzir o fluxo pela SC-405 - Daniel Queiroz/ND


A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Infraestrutura informou que o processo licitatório já está em andamento seguindo os trâmites legais, ou seja, está no departamento jurídico do Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura). E logo após será encaminhado ao grupo gestor do governo para autorizar o lançamento do edital. Não existe prazo estipulado.

Em outro lote, a ordem de serviço não foi dada, porque a empresa segunda colocada entrou com recurso na Justiça, mas o Deinfra trabalha nesta questão. Já as desapropriações estão sendo analisadas por um grupo específico, de técnicos do Deinfra, para dar maior agilidade ao processo.

Melhorias para este ano

  • Reforma dos banheiros: De 16 de abril a junho
  • 600 novas cadeiras, estilo longarinas: Em julho
  • Cobertura para pedestres no estacionamento e pavimento: De 10 de abril até o fim do mês
  • Cortinas de ar nas salas de embarque: Em abril
  • Processo de reforma das lojas e novas marcas: Em andamento
  • Mais espaço entre assentos na sala de embarque: Em estudo

Fonte: Floripa Airport

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade