Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Coleta de lixo pesado na Capital é retomada nesta segunda-feira pela Comcap

Lei que multa quem jogar lixo em via pública, em R$ 100, está sancionada desde janeiro, mas ainda não foi regulamentada

Alessandra Oliveira
Florianópolis
Flavio Tin/ND
Restos de materiais de construção e até uma porta estão no canteiro público

 

Devido à falta de consciência ambiental de algumas pessoas, a operadora de caixa Sandra de Abreu, 37 anos, convive com um lixão em frente à sua casa, na rua São Cristóvão, Vila Aparecida, na Capital. São despejados entulhos e os mais diversos resíduos em frente ao seu portão, às margens da Via Expressa. Em vigor desde 29 de janeiro deste ano, a lei municipal 9.456 ainda não é aplicada e não pune quem joga ou descarta lixo na Capital. Para evitar o acúmulo e descarte indevido de materiais pesados, a Comcap (Companhia de Melhoramentos da Capital) retoma hoje a coleta nos bairros de Florianópolis.

Ao olhar pela janela, Sandra ainda via as marcas da pá da retroescavadeira no solo. “Ficou limpo por uma noite. Menos de 12 horas após a limpeza, realizada pela Comcap, uma nova montanha se formava. Isso é secar gelo”, criticou.

No canteiro público são descartados restos de vegetação, portas, janelas, sobras de construção civil e até animais mortos. “Para piorar ainda mais a situação muitas pessoas ateiam fogo no lixo. Tenho de conviver com mau cheiro e com a fumaça. Isso cansa”, lamentou a moradora, que costuma ligar para a Comcap para pedir a retirada de lixo despejado irregularmente.

O diretor de Operações e presidente interino da Comcap, Marius Bagnati, informa que, em média, 80 servidores atuam na coleta pesada. "Esse é um serviço gratuito. Basta que o morador entregue no dia agendado os resíduos de grande volume que não podem ser descartados na coleta comum ou na seletiva”, explicou.

A Comcap divulgou o calendário da coleta pesada até dezembro (confira a lista completa no site www.ndonline.com.br). Em abril, a ação será feita nos bairros Promorar I e II, Chico Mendes, Novo Horizonte, Santa Terezinha e Monte Cristo, todos no dia 7; Jardim Atlântico e Sapé, dia 14; Coloninha, Bairro de Fátima e Estreito, dia 22; e Balneário do Estreito, dia 28.

Lei municipal precisa de regulamentação

De acordo com a nova lei municipal, o cidadão que for flagrado jogando qualquer tipo de lixo fora das lixeiras, em Florianópolis, será autuado pela Guarda Municipal e receberá multa de R$ 100. O projeto do vereador César Faria (PSD) foi aprovado na Câmara em abril de 2013, sancionado pelo prefeito Cesar Souza Júnior em 24 de janeiro de 2014 e está em vigor desde a publicação no Diário Oficial do Município, no dia 29 de janeiro.

A penalização e a aplicação da Lei estão claras desde seu projeto, no entanto, passados mais de 60 dias da homologação, o poder público municipal ainda não sabe como será a aplicação de fato. “Não discutimos os detalhes com o autor da lei, o vereador César Faria. Precisamos saber como multaremos as pessoas, se será possível reverter a penalidade caso o autuado recolha o lixo que descartou no chão, dentre outros detalhes”, reconheceu o diretor da Guarda Municipal, Jean Carlos Viana Cardoso, ao detalhar que o assunto será debatido nas próximas semanas com os vereadores.

O que a Guarda sabe, até o momento, é que seus agentes poderão solicitar auxílio à Polícia Militar e que os recursos financeiros provenientes da arrecadação com as multas serão destinados à Comcap. De acordo com a diretoria legislativa da Câmara de Vereadores, cabe ao Executivo fazer as adequações necessárias para a aplicação da lei, que prevê ainda no seu artigo 6º uma campanha publicitária para conscientização da população, a ser veiculada até 60 dias após a publicação do Diário Oficial do Município.

CALENDÁRIO DA COLETA 2014

Abril

Dia 7: Promorar I e II, Chico Mendes, Novo Horizonte, Santa Terezinha e Monte Cristo

Dia 14: Jardim Atlântico e Sapé

Dia 22: Coloninha, Bairro de Fátima e Estreito

Dia 28: Balneário do Estreito

 

Maio

Dia 5: Capoeiras

Dia 12: Abraão, Bom Abrigo, Itaguaçu e Coqueiros

Dia 19: Ruas à direita da Avenida Mauro Ramos – entre as ruas 13 de Maio e

Avenida do Antão

Dia 26: Agronômica

 

Junho

Dia 2: Trindade e Serrinha

Dia 9: Pantanal e Carvoeira

Dia 16: Saco dos Limões, Caieira do Saco dos Limões e José Mendes

Dia 23: Córrego Grande e Santa Mônica

Dia 30: Itacorubi e Parque São Jorge

 

Julho

Dia 7: João Paulo, Saco Grande e Monte Verde

Dia 14: Costeira do Pirajubaé

Dia 21: Carianos

Dia 28: Rio Tavares

 

Agosto

Dia 4: Campeche

Dia 11: Morro das Pedras, Areias do Morro das Pedras e Armação

Dia 18: Pântano do Sul, Balneário dos Açores, Solidão e Costa de Dentro

Dia 25: Tapera

 

Setembro

Dia 1: Ribeirão da Ilha, Freguesia do Ribeirão, Caiacanga e Caieira da Barra do Sul

Dia 8: Rio Vermelho

Dia 15: Barra da Lagoa

Dia 22: Costa da Lagoa

Dia 29: Lagoa da Conceição, Canto da Lagoa e Joaquina

 

Outubro

Dia 6: Cacupé, Santo Antônio, Sambaqui e Barra do Sambaqui

Dia 13: Ratones, Vargem Grande, Vargem Pequena e Vargem do Bom Jesus

Dia 20: Daniela, Praia do Forte e Jurerê Internacional

Dia 27: Jurerê Tradicional e Canasvieiras

 

Novembro

Dia 3: Cachoeira do Bom Jesus

Dia 10: Ponta das Canas, Lagoinha e Praia Brava

Dia 17: Sítio Capivari

Dia 24: Ingleses

 

Dezembro

Dia:1: Santinho

 

Tipo de resíduo que será recolhido

-móveis

- eletrodomésticos

- pneus

- latas

- pedaços de madeira e restos de poda cortados e amarrados

- pequenas quantidades de restos de material de construção e entulho (acomodados em sacos)

 

 

 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade