Publicidade
Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 19º C

Ciclista imprudente pega carona durante 300 metros na Via Expressa Sul, em Florianópolis

Flagrante do jornal Notícias do Dia aconteceu na manhã desta quarta-feira

Michael Gonçalves
Florianópolis
03/01/2018 às 15H26
Ciclista imprudente pega
Ciclista imprudente pega "carona" em veículo na Via Expressa Sul - Marco Santiago/ND


Na manhã desta quarta-feira (3), às 11h, um ciclista não identificado e sem os acessórios de segurança cometeu uma infração de trânsito grave e que, a partir do final de abril de 2018, estará passível de multa. Sem a motorista de um veículo Volkswagen Gol perceber a aproximação do ciclista, o infrator segurou na maçaneta da porta traseira e pegou uma carona por mais de 300 metros na pista central da Via Expressa Sul (SC-401 Sul), em Florianópolis. Por sorte, o ciclista não provocou um acidente.

O homem, que aparenta ter entre 40 e 50 anos, estava vestido apenas com uma bermuda e uma sandália de tiras. Ele aproveitou a redução da velocidade dos veículos próximo a um semáforo e segurou na maçaneta da porta traseira do veículo. A motorista conduzia o Gol a uma velocidade próxima aos 80 km/h. O interessante é de que a rodovia tem uma das melhorias ciclovias da Capital.

Para o comandante do posto da PMRv (Polícia Militar Rodoviária) no Sul da Ilha, sargento Demilson Sebastião Rosa, o infrator pode responder a um TC (Termo Circunstanciado). “Por estar colocando a própria vida em risco e a de outros condutores, porque ele poderia ter provocado um acidente de grande proporções, o ciclista pode responder criminalmente pelo ato”, afirmou.

No final de abril deste ano, o ciclista infrator também estaria passível a multa no valor de R$ 130,16, segundo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro). O código prevê a notificação de ciclistas e de pedestres desde 1997, mas a regulamentação ocorreu apenas em outubro de 2017. No caso acima, o homem cometeu a infração porque estaria circulando em uma via de trânsito rápido.

Após a primeira carona, o ciclista tentou repetir o ato com outro motorista, que percebeu a aproximação e retirou o veículo.

>> O que prevê o CTB

É proibido ao pedestre

Permanecer ou andar nas pistas de rolamento, exceto para cruzá-las onde for permitido;

Cruzar pistas de rolamento nos viadutos, pontes, ou túneis, salvo onde exista permissão;

Atravessar a via dentro das áreas de cruzamento, salvo quando houver sinalização para esse fim;

Utilizar-se da via em agrupamentos capazes de perturbar o trânsito, ou para a prática de qualquer folguedo, esporte, desfiles e similares, salvo em casos especiais e com a devida licença da autoridade competente;

Andar fora da faixa própria, passarela, passagem aérea ou subterrânea;

Desobedecer à sinalização de trânsito específica;

Infração - leve;

Penalidade - multa, em 50% do valor da infração de natureza leve, no valor de R$ 44,19.

É proibido ao ciclista

Conduzir bicicleta em passeios onde não seja permitida a circulação;

Guiar de forma agressiva;

Circular em vias de trânsito rápido;

Pedalar sem as mãos;

Transportar peso incompatível;

Andar pela contramão.

Infração - média;

Penalidade – multa de R$ 130,16;

Medida administrativa - remoção da bicicleta, mediante recibo para o pagamento da multa.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade