Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Chuva intensa provoca transtornos na Grande Florianópolis na noite desta quinta

Palhoça, Biguaçu, São José e Santo Amaro da Imperatriz foram alguns dos municípios afetados

Redação ND
Florianópolis
02/03/2018 às 08H58

A chuva intensa que caiu na noite desta quinta-feira (1°) provocou transtornos em municípios da Grande Florianópolis, como alagamentos e quedas de barreiras.

De acordo com a Secretaria de Defesa Civil do Estado, em Santo Amaro da Imperatriz, a enxurrada danificou uma ponte na localidade de Braço São João e os moradores contavam apenas com um acesso alternativo no local.

Alagamentos foram registrados em Santo Amaro da Imperatriz, São José, Biguaçu e Palhoça - Defesa Civil de SC/Divulgação/ND
Alagamentos foram registrados em Santo Amaro da Imperatriz, São José, Biguaçu e Palhoça - Defesa Civil de SC/Divulgação/ND



Foram registrados alagamentos em vias públicas de Tijucas, Palhoça e Biguaçu, somente com transtornos no trânsito.

Em São José, além de alagamentos, um muro do Centro Educacional Municipal Renascer, no bairro Ipiranga, ficou totalmente destruído. O colégio não foi atingido, assim como os imóveis próximos a ele. 

Já no Sul de Santa Catarina, o município mais prejudicado pelas chuvas foi Nova Veneza, com rajadas fortes de vento e queda de granizo. Conforme a Defesa Civil, durante a tempestade, quatro postes caíram, duas casas foram atingidas por quedas de árvores e outros três imóveis apresentavam riscos. Sete pessoas ficaram desalojadas e foram encaminhadas para casas de parentes.

Dois imóveis tiveram destelhamento parcial, assim como a garagem onde ficam os veículos oficiais da prefeitura. Uma vidraça da Secretaria Municipal de Educação foi quebrada com a força do vento. O município decretou situação de emergência.

Conforme a Defesa Civil, os temporais atingiram principalmente a região Litorânea do Estado. Até as 8h desta quinta-feira, em um período de 24h, os municípios que tiveram maiores acumulados de chuva em Santa Catarina foram Palhoça (82mm), Itajaí (74mm), Governador Celso Ramos (74mm) e São José (72mm).

Um muro de uma escola caiu em São José - Defesa Civil de SC/Divulgação/ND
Um muro caiu em São José  - Defesa Civil de SC/Divulgação/ND



 

Previsão para o final de semana

De acordo com a Epagri/Ciram, o final de semana será marcado pela instabilidade e o risco de temporais localizados em Santa Catarina. A sexta-feira (2) começa com bastante nebulosidade em todas as regiões do Estado. Também há aberturas de sol, provocando a elevação das temperaturas, com sensação de abafamento.

Há chance de chuva com trovoadas, principalmente entre o final da tarde e a noite. Pancadas localizadas podem ser de intensidade forte a moderada.  Segundo o meteorologista Marcelo Martins, em um curto espaço de tempo, as rajadas de vento podem passar dos 70km/h. A queda de granizo não está descartada.

Sábado (3) e domingo (4) deverão ter a mesma característica: sol com aumento de nuvens e pancadas de chuva com trovoadas a partir do período da tarde, com o mesmo risco de temporal localizado.

“A partir do início da semana que vem essa instabilidade perde força. Uma massa de ar frio e seco atua sobre o Sul do Brasil, diminui as temperaturas e volta a estabilizar o tempo”, diz o meteorologista.

Em Florianópolis, as temperaturas devem ficar entre 21°C e 31° nesta sexta-feira e de 23°C a 31°C no sábado e domingo. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade