Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Chuva causa transtornos, deixa trânsito caótico e causa alagamentos em Florianópolis

No Rio Tavares, a SC-405 ficou completamente tomada pela água, formando uma enorme fila de carros. Quem tentou cruzar a via, levou mais de uma hora para percorrer sua extensão

Fábio Bispo
Florianópolis
10/01/2018 às 00H59

A forte e constante chuva que caiu nesta terça-feira (9) em Florianópolis provocou alagamentos em alguns pontos da cidade e congestionamentos em muitas regiões, como a avenida Beira-Mar Norte, a rua Frei Caneca e as SCs 401, 403 e 405. Com a mudança do tempo, muitos turistas e moradores saíram das praias em direção aos shoppings e ao Centro, o que provocou um caos no trânsito sem vias suficientes para tantos veículos e com pouca infraestrutura para escoamento das águas pluviais.

Avenida Mauro Ramos, na região central de Florianópolis,ficou totalmente congestionada nos dois sentidos - RICTV/ Reprodução
Avenida Mauro Ramos, na região central de Florianópolis,ficou totalmente congestionada nos dois sentidos - RICTV/ Reprodução


O alagamento das vias aliado ao grande número de carros nas ruas foi a receita para a cidade parar. Engarrafamentos foram registrados em praticamente todas as regiões. No Rio Tavares, a SC-405 ficou completamente tomada pela água, formando uma enorme fila de carros. Quem tentou cruzar a via, levou mais de uma hora para percorrer sua extensão.

Na região Leste, também foram registradas filas no Morro da Lagoa e na Rendeiras. Na região central os congestionamentos foram nas regiões da Trindade e Pantanal, no entorno da UFSC e Eletrosul, no bairro Agronômica e em diversos pontos do Centro.

Trânsito no Centro de Florianópolis - RICTV/ Reprodução
Trânsito no Centro de Florianópolis - RICTV/ Reprodução

Na Mauro Ramos, uma das pistas em frente ao Instituto Estadual de Educação também ficou interditada por conta de um bueiro que transbordou. Pouco mais a frente, na Major Costa, outro bueiro devolvia para o asfalto a água da chuva dificultando o trânsito.

E não adiantou recorrer aos ônibus. Os coletivos também enfrentaram dificuldades para se deslocar pela cidade e horários atrasaram. Se não bastasse, a Guarda Municipal registrou um show de infrações com motoristas cruzando canteiros e estacionando em locais proibidos.

“Nesses dias, como não tem praia, muita gente vem para o centro, para os shoppings. Com a chuva os carros andam de forma mais lenta”, contou a Maryanne Mattos, chefe da Guarda Municipal de Florianópolis. A própria Maryanne trabalhou com a equipe de rua nas imediações do Beira-Mar Shopping para ajudar a liberar as vias rápidas.

Maryanne Mattos, chefe da Guarda, foi para a rua orientar o trânsito - PMF/ ND
Maryanne Mattos, chefe da Guarda, foi para a rua orientar o trânsito - PMF/ ND

Tempo chuvoso deve permanecer até o fim da semana

A Defesa Civil do Estado emitiu alerta de temporal no início da tarde desta terça informando previsão de chuva em todas as regiões de Santa Catarina, mas de forma localizada. De acordo com o diretor da Defesa Civil de Florianópolis, na capital catarinense choveu 50 mm entre 6h e 13h desta terça, quantidade considerada "muito grande para o período".

A aproximação de uma frente fria e o forte calor formam nuvens carregadas. O tempo chuvoso e com temperaturas amenas se mantém pelo menos até o fim desta semana. Na sexta-feira (12), as áreas de instabilidade vão para o oceano e, além de chuvas fracas, estão previstas aberturas de sol no litoral catarinense e a elevação da temperatura. A partir da próxima semana, a previsão é de pancadas de chuva melhor distribuídas pelo Estado.

Apesar do alerta e alguns pontos de alagamento, especialmente em Florianópolis, não há registros de ocorrências na Grande Florianópolis. Houve apenas um atendimento na Serra do Rio do Rastro, onde um deslizamento de terra interrompeu o trânsito de veículos na SC-390.

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade