Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Centro Multiuso de São José precisa de reforma

Falta de telhas danifica teatro internamente enquanto maresia deteriora parte externa em metal

Alessandra Oliveira
São José

Daniel Queiroz/ND
Parte externa do prédio também apresenta ferrugem e rachaduras

Por falta de manutenção o telhado do Centro Multiuso de São José está se soltando.  Como consequência, goteiras e infiltração maltratam o espaço de eventos. A chuva danificou uma das cortinas do teatro, avaliada em mais de R$ 30 mil. O varal de iluminação também está exposto ao mau tempo. Internamente há necessidade de reparos. Mas é o lado externo que necessita de reforma urgente. As telhas em metal estão corroídas pela maresia. A ferrugem também deteriora as laterais do prédio de mais de 11 mil m².

Poucas rachaduras. Alguns pontos de infiltração são vistos pelo interior do Centro Multiuso de São José. As placas permanecem afixadas, mas dos bebedouros restaram somente fios expostos. Pelo espaço interno não haveria razão para alarde, não fosse a situação do teatro. Faltam duas telhas justamente em cima do palco. Em dias de chuva o local fica alagado. A ausência de uma parte da cobertura, ainda que pequena, danifica a madeira do assoalho e as cortinas que encobrem o palco. O varal iluminação também está exposto às intempéries.  “Esse é nosso maior problema. No mais o que precisamos é de pintura externa”, disse a diretora do espaço, Glória Maria de Medeiros, ao ressaltar que o Centro Multiuso recebe manutenção. O local já recebeu artistas como Roberto Carlos, Fábio Junior e Sérgio Reis. Também sediou feiras, e eventos políticos e esportivos. Um dos mais relevantes foi o desafio Guga Kuerten em 2012.

 

Reparos estão a caminho

A Prefeitura de São José informa que o Centro Multiuso está para sofrer uma transformação. O local vai sair da alçada da Fundação Municipal de Cultura e passar a ser responsabilidade da Secretaria de Administração, capaz de ter mais rapidez e facilidade para a burocracia própria de processos licitatórios.


A primeira etapa, em caráter emergencial, será a reforma do telhado, porque se ele não for consertado, pode comprometer ainda mais o prédio. No momento, a Secretaria de Administração, que está tomando pé da situação do Centro, está terminando as providências para a licitação.


A etapa seguinte será a reforma do prédio em si, recuperação do teatro e demais ambientes. Para tanto, a prefeita Adeliana Dal Pont pretende angariar recursos junto ao Ministério da Cultura. O Centro Multiuso deverá ser entregue à população para que possa ser aproveitado na sua totalidade, informou a assessoria da prefeitura.

 

Raio-x do centro Multiuso:

 

Área construída: 11 mil m²

Inauguração: 19 de março de 2006

Espaço tem:

Teatro com 780 lugares

Arena esportiva com 3.100 lugares

Outras 1.500 cadeiras podem são ofertadas para eventos não esportivos na arena

Localização: Beira-mar de São José

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade