Publicidade
Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 22º C

Novo centro administrativo da SSP começa a ser ocupado em Florianópolis

Expectativa é de reduzir em R$ 2.826.000 as despesas por ano com aluguéis. Diretorias de informática, de segurança cidadã, de inteligência e a corregedoria do IGP já estão trabalhando no complexo

Michael Gonçalves
Florianópolis
11/04/2017 às 11H44

Com 30 mil m² de área construída em três torres, o centro administrativo da SSP (Secretaria de Estado de Segurança Pública) começou a ser ocupado. Erguido na avenida Ivo Silveira, no bairro Estreito, em uma região dominada pelo tráfico de drogas, o complexo deve abrigar os comandos da SSP, da Polícia Civil, da Polícia Militar, do IGP (Instituto Geral de Perícias), do Corpo de Bombeiros, entre outras diretorias.

A obra teve um custo de R$ 80 milhões e conta até com um heliponto. O complexo ainda não tem data para ser inaugurado, mas a instalação da rede de dados deve ser concluída em maio.

Prédios que reunirão comandos e órgãos policiais estão em região dominada pelo tráfico - Daniel Queiroz/ND
Prédios que reunirão comandos e órgãos policiais estão em região dominada pelo tráfico - Daniel Queiroz/ND


Vizinho às comunidades do Morro da Caixa, da Ilha-Continente e da Vila Aparecida, o complexo não terá serviços para atender a população. O objetivo é centralizar os serviços de direção e de gestão e economizar em aluguéis. A expectativa da SSP é de reduzir em R$ 2,82 milhões as despesas com imóveis alugados por ano.

“A partir do momento em que todos os órgãos da secretaria estiverem no complexo, a segurança na região será ampliada. Já o combate à criminalidade na região continua com as ações programadas pelo batalhão da Polícia Militar e pela delegacia da área”, disse o secretário César Augusto Grubba, por meio da assessoria de imprensa.      

O complexo já está ocupado pelas diretorias de Tecnologia e Informática, de Segurança Cidadã e de Informação e Inteligência e corregedoria do IGP (Instituto Geral de Perícias). Nos próximos dias deverão se instalar no local o Conselho Estadual de Entorpecentes, a Comissão de Controle Interno, a corregedoria da SSP e a diretoria de Formação e Capacitação.

A mudança do gabinete do secretário, que ocorrerá nas próximas semanas, deve alterar a dinâmica administrativa da SSP, devido a proximidade física dos órgãos e pelas novas estratégias de gestão.

Com três torres, o centro administrativo da SSP, vai reunir serviços de gestão - Daniel Queiroz/ND
Com três torres, o centro administrativo da SSP, vai reunir serviços de gestão - Daniel Queiroz/ND



Inauguração depende da instalação da rede de dados

Quem passa pela avenida Ivo Silveira identifica o centro administrativo da SSP, que ganhou letreiros. Para ficar pronto por completo, o complexo precisa receber o mobiliário e as fiações para a instalação da rede de dados.

Segundo a assessoria de imprensa da secretaria, a instalação da rede de dados está sendo implementada em cada um dos três blocos, por andar, e deve estar totalmente concluída em maio, data em que a maioria dos setores e órgãos deverão estar definitivamente instalados. A assessoria informou que a inauguração oficial deverá ocorrer somente após a transferência de todos os setores e órgãos.

Para a segurança física das instalações do complexo pretende-se empregar policiais militares do Ctisp (Corpo Temporário de Inativos), que atuarão também em atividades de policiamento no entorno. Na sede do complexo será implementada uma central de videomonitoramento, que fará a monitoração das câmeras de segurança internas e externas, recebendo as imagens geradas pelas demais câmeras do entorno e acessos ao prédio.

A ESTRUTURA - Raio-X do complexo

30 mil m² de área construída

Três torres, de seis e oito andares

Auditório para 150 pessoas

359 vagas para automóveis

38 vagas para motos

Heliponto

Fonte: SSP-SC

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade