Publicidade
Domingo, 23 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Celesc oferece bônus de até 40% para a troca de motores na indústria em Santa Catarina

Expectativa é trocar mais de 6 mil motores e injetar R$ 28 milhões na economia

Felipe Alves
Florianópolis
23/10/2017 às 20H22

A Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina) espera que mais de 6 mil motores sejam trocados no Estado com o programa Bônus Eficiente Linha Motores, lançado nesta segunda-feira (23), em Florianópolis. Para a substituição de motores fabricados até 2009 por mais modernos e econômicos, a Celesc oferece como contrapartida um bônus de até 40% do valor total do equipamento. Com o programa, a expectativa é injetar R$ 28 milhões na economia e reduzir o consumo de energia ao equivalente ao consumo de 2,3 mil residências. As inscrições estarão abertas a partir desta terça-feira (24), às 10h, pelo site www.bonusmotor.com.br.

Após o lançamento dos programas Bônus Eficiente (substituíram eletrodomésticos) e do Bônus Fotovoltaico (que está instalando sistemas de captação de energia solar), o novo programa da Celesc tem como foco a indústria, os produtores rurais, o poder público e comércios e serviços. “Percebemos que cerca de 30% de todo o consumo de energia no Brasil vem dos motores industriais por isso decidimos fazer um projeto ligado à eficiência energética para a indústria”, afirma o presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

Entre os benefícios da troca dos motores estão a economia de energia, a sustentabilidade, o rápido retorno do investimento, a redução de gastos com manutenção e a garantia da fábrica.

O bônus dado pela Celesc irá variar de 30 a 40% do valor total dos equipamentos. O percentual varia de acordo com as características de cada motor. Para efetivar a troca dos cerca de 6 mil equipamentos, a Celesc deverá dar como subsídio R$ 6,5 milhões. Os motores serão comercializados pela WEG, que foi contratada por licitação e também será responsável pelo descarte correto do maquinário obsoleto.

Para a Celesc, investir em ações que geram economia de energia é mais viável do que investir na expansão do sistema de energia elétrica. Por isso, a substituição de equipamentos antigos por de alta eficiência são uma opção melhor do que construir novas usinas, subestações e linhas de transmissão e distribuição.

Lançamento do programa Bônus Eficiente Linha Motores - Felipe Alves/ND
Lançamento do programa Bônus Eficiente Linha Motores - Felipe Alves/ND


Como funciona?

Quem pode participar: indústria, produtor rural, poder público, serviços públicos, comércios e serviços e condomínios residenciais com CPNJ

Critérios para participar: motores trifásicos de 1 a 250 cavalos ou monofásicos de 1 a 15 cavalos; que tenham 2, 4, 6 ou 8 polos; ano de fabricação até 2009; operar no mínimo 2.640 horas/ano; estar adimplente com a Celesc; e ter CNPJ

Como participar: acessar o site www.bonusmotor.com.br, se cadastrar e enviar dados e fotos do motor. O recolhimento do motor usado será feito pela WEG e a instalação do novo motor deverá ser feita em até 60 dias

 

Números

Expectativa de injetar R$ 28 milhões na economia do Estado

Troca de cerca de 6 mil motores em Santa Catarina

Economia de 5,6 Gwh/ano

Redução de demanda de 285,5 kW, o equivalente ao consumo de 2,3 mil residências (ou toda a cidade de Novo Horizonte)

Redução de 461,8 toneladas de CO²

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade