Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Cavalos da polícia militar serão doados nesta quinta-feira

Dentre as entidades que receberão a doação, está a Orionópolis, que usará os animais para ajudar no tratamento de pacientes

Karin Barros
Florianópolis

Após a polêmica dos leilões de cavalos da PM, seis equinos de Florianópolis e três de Lages serão doados para instituições que prestam serviços utilizando a capacidade deles em pacientes especiais, como é o caso da Equoterapia.

 

Rosane Lima/Arquivo/ND
Rosane Lima/Arquivo/ND
Os animais trabalharão cerca de 1h30min e depois ficarão soltos em um pasto


Épico, Falcon, Beijing, Valete, Ariribá e Sênior já tem casa nova. O Instituto Ambiental Ecosul e a Orionópolis Catarinense abrigarão os animais que por questões de idade avançada ou de incompatibilidade física com a função da PM não serão utilizados pelos policiais.

“Nós adestramos os animais, e após analisar o temperamento deles, e as suas habilidades físicas ficamos ou não com eles”, afirmou o sargento Valdir, que está há 22 anos na corporação.

Neste caso, apenas o cavalo Sênior será doado por idade avançada. O animal está há mais de 20 anos na companhia da PM, e agora, poderá ter seu descanso. Na nova jornada ele irá trabalhar 1h30min por dia, e o restante ficará solto em um pasto. Na entidade, três animais vão contribuir para a educação de 32 pessoas, de 15 a 65 anos, que vivem no local.

Já no Instituto Ambiental Ecosul, proprietários de sítios interessados em receber os animais foram cadastrados. Todos vão assinar um termo de responsabilidade em que se comprometem a cuidar dos cavalos sem usá-los para o trabalho pesado.

Com 63 equinos na corporação, os integrantes da Guarnição Especial da Polícia Montada, aguardam a reposição dos animais, o que deve ocorrer em breve, garante o sargento Valdir. Eles devem ser comprados no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. 

Publicidade

4 Comentários

Publicidade
Publicidade