Publicidade
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 20º C

Casan conclui interligação de adutora em São José e planeja nova etapa em Florianópolis

Falta apenas uma etapa antes de colocar a adutora em operação plena, melhorando o abastecimento de toda a região metropolitana

Redação ND
Florianópolis
10/12/2017 às 20H12

A Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) concluiu a obra realizada para interligar a maior adutora do Estado, de 1.200 mm. A operação encerrada na sexta (8), no período da noite, exigiu a redução da pressão e volume algumas regiões da Grande Florianópolis. Mais de 30 trabalhadores estiveram envolvidos, entre engenheiros e operários da Casan e da construtora Stemag.

Foram necessárias escavações a cerca de 4 metros de profundidade, na região do trevo de Forquilhinhas, em São José, bem como os cuidados extras de escoramentos que tiveram de ser tomados. A peça principal, em formado de “Y”, era maior do que a carroceria de um caminhão. Foram 24 horas ininterruptas de trabalho, das 5h de sexta às 5h de sábado, na pista marginal da BR-101, na altura do bairro Forquilhinhas, em São José.

Casan faz interligação de adutora para Grande Florianópolis - Casan/Divulgação
Casan faz interligação de adutora para Grande Florianópolis - Casan/Divulgação


A interligação de sexta-feira foi a penúltima parte de implantação de 15,6 quilômetros desta grande rede. O traçado da adutora 1.200 mm se estende desde a Estação de Tratamento de Água localizada do Morro dos Quadros, em Palhoça, até a entrada de Florianópolis. A tubulação traz água dos rios Pilões e Cubatão para o Sistema Integrado da Grande Florianópolis. Esta é a principal obra da Operação Verão 2018, com investimento de R$ 24,6 milhões.

Última etapa da obra

Na próxima quarta (13) ou quinta-feira (14) deverá ser feita uma interligação semelhante, desta vez próximo ao supermercado Angeloni, em Capoeiras, na região continental de Florianópolis.

A Casan vai divulgar nesta segunda (11) a data e horário desta nova obra, que exigirá o corte do abastecimento por cerca de 12 horas em parte de Florianópolis, mais especificamente na Ilha. Será a última etapa antes de colocar a Adutora 1.200mm em operação plena, melhorando o abastecimento de toda a região metropolitana.

A companhia pede desculpas pelos transtornos, mas afirma que está fazendo uma obra com benefícios perenes. Na manhã deste domingo (10), apenas pontas de rede do município de Biguaçu e áreas da chamada Bacia do Itacorubi (em Florianópolis) ainda estavam com baixa pressão. A demora na região do Itacorubi /Saco Grande/João Paulo deveu-se também ao rompimento de uma outra rede, de 300mm, que traz água do Norte da Ilha, mas cujo conserto está sendo providenciado.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade