Publicidade
Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Descrição do tempo
  • 16º C
  • 11º C

Carro invade creche e deixa seis crianças feridas em Chapecó

O motorista, de 53 anos, apresentava sinais de embriaguez e foi preso. Pelo menos duas crianças tiveram suspeita de traumatismo cranioencefálico e outras sete sofreram escoriações

Bia Piva (Diário do Iguaçu)
Florianópolis
24/04/2018 às 22H30

Um estrondo, gritos e o choro das crianças e professoras assustadas com o que acabava de acontecer. Era 16h35 quando um carro desgovernado invadiu a sala da turma de pré-escolar do Ceim (Centro de Ensino Infantil Municipal) Pequenos Heróis, na rua Quilombo, bairro Colatto, em Chapecó, região Oeste do Estado. A turminha, com 24 alunos de 4 a 5 anos de idade, estava na parte final da aula quando tudo aconteceu.

Carro invade creche no Bairro Efapi, em Chapecó - Diário do Iguaçu/Divulgação/ND
Carro invade creche no Bairro Efapi, em Chapecó - Diário do Iguaçu/Divulgação/ND


Um homem, de 53 anos, conduzia uma GM Montana e, conforme relato de populares, desceu a rua em alta velocidade, perdeu o controle da direção, subiu a calçada, arrancou as grades de segurança e invadiu a sala de aula, que fica em um nível abaixo da rua.

O carro foi parar no fundo da sala, atingindo as crianças e arrastando mesas, cadeiras e prateleiras. Dois caminhões de resgate dos Bombeiros e duas ambulâncias, equipes do Samu e também a aeronave do Sara (Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico) e o SaerFron foram mobilizadas para o resgate aos feridos.

“Muita gente já estava no local, vizinhos, familiares e todas as crianças já estavam na calçada quando começamos a fazer o atendimento das que estavam machucadas”, explicou o sargento do Corpo de Bombeiros, Ewerton Oliveira.

Seis crianças foram socorridas com ferimentos - três meninos e três meninas. Segundo o sargento, a vítima mais grave era uma menina e foi transportada até o Hospital da Criança com a aeronave do SaerFron. Outra criança, também com ferimento grave na cabeça e nos braços, foi levada pela ambulância dos Bombeiros e transferida ao Hospital Regional do Oeste. Duas das vítimas tiveram suspeita de traumatismo cranioencefálico e passaram por cirurgias no início da noite.

Conforme a Polícia Militar, outras sete crianças foram conduzidas por familiares para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Efapi, com escoriações pelo corpo.

Bombeiros, Samu e dois helicópteros ajudaram a socorrer as crianças - Divulgação/ND
Bombeiros, Samu e dois helicópteros ajudaram a socorrer as crianças - Divulgação/ND

Comoção tomou conta do bairro

Motorista foi preso-Logo após o acidente, moradores foram ao local para tentar entender o que havia acontecido, preocupados com as crianças e incrédulos com a cena. Entre eles estava Julio Dominski, pai de uma das crianças que estuda no local. Ele contou que estava em casa esperando o horário de buscar o filho quando a criança chegou assustada em casa, falando do acidente.

“Ele contou que um carro tinha invadido a sala dele e uns coleguinhas estavam bastante machucados. Eu vim para conferir, mas graças a Deus não aconteceu nada com meu filho e agora estamos rezando para que as crianças que se feriram fiquem bem”, contou.

Motorista foi preso

De acordo com a Polícia Militar, o condutor da GM Montana apresentava sinais de embriaguez e ao fazer o teste do bafômetro foi constatada a presença de 0,94mg por litro de ar expelido dos pulmões. Ele foi preso em flagrante e rapidamente retirado do local para evitar algum tipo de represália por parte dos moradores.

Logo após o acidente, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, acompanhado da Secretária de Educação, Sandra Galera, e profissionais da área, foram até o local verificar a situação, conversaram com policiais, com os professores e fizeram o acompanhamento da situação de saúde dos alunos feridos. No local eles não falaram com a imprensa, mas por nota a Prefeitura informou que ‘determinaram aos diversos setores da Administração para prestação de toda a assistência necessária às crianças e familiares’.

Com informações da RICTV Record SC.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade