Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Carcereiro é preso sob suspeita de facilitar fuga de 8 ao ficar bêbado em SP

Segundo a polícia, carcereiro estava bêbado e presos pegaram seu molho de chaves para escapar da delegacia

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
09/09/2018 às 20H52

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um carcereiro foi preso sob suspeita de facilitar a fuga de oito detentos da carceragem do 31º DP (Distrito Policial), na Vila Carrão, zona leste de São Paulo, na noite de sábado (8). Segundo a polícia, ele estava bêbado, e os presos pegaram seu molho de chaves para escapar da delegacia.

O registro do boletim de ocorrência diz que Anderson Oliveira chegou para trabalhar sem sinais de embriaguez. Quase no final de seu turno, antes das 20h, entrou na área da carceragem onde havia dez presos - sete com ensino superior e três em trânsito - e trancou a porta por dentro.

Segundo dois presos que se recusaram a fugir e um que voltou ao distrito policial, o carcereiro estava nesse momento alterado e com uma garrafa de vodka na mão. Ele teria aberto o cadeado de uma cela e entrado em outra, onde desmaiou.

Os presos se aproveitaram da situação, pegaram as chaves, abriram as demais celas e a porta lateral da delegacia, por onde fugiram.

Pela versão registrada, às 19h54, quase ao fim do plantão, os policiais foram alertados sobre uma possível fuga dos presos da carceragem.

Ao tentarem entrar no local, viram que a porta de ferro estava trancada, entraram pela lateral e foram informados pelos presos remanescentes que o carcereiro estava desacordado. Ele foi desarmado pelos policiais e retirado do interior da cela.

A reportagem não conseguiu contato neste domingo (9) com a defesa do carcereiro. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, atualmente sob gestão Márcio França (PSB), o carcereiro foi preso pela Corregedoria da Polícia Militar. Será instaurado um processo disciplinar "que no final poderá resultar na demissão do agente", diz a pasta.

De acordo com o boletim de ocorrência, um dos fugitivos se apresentou à delegacia na noite do próprio sábado, pouco depois da fuga, após ser aconselhado por sua advogada a voltar à carceragem.

A secretaria confirmou a captura de um detento pela manhã de domingo. À tarde, policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais) estavam em diligências para capturar os fugitivos restantes.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade