Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Campanha pede doações para cachorro abandonado após ser preso no mato em Florianópolis

Batizado de Chico, cão foi encontrado desnutrido, com fome e com diversos ferimentos pelo corpo

Redação ND
Florianópolis
23/04/2018 às 17H31

O cão vítima de maus tratos que foi resgatado pela Polícia Militar no último sábado (21) no Morro do Céu, em Florianópolis, precisa de doações. Ele foi encontrado desnutrido, com fome e com diversos ferimentos pelo corpo. A ONG Formiguinhas da Luz se comprometeu em cuidar e encontrar um novo lar para o Chico, mas ele precisou tomar antibióticos, fazer limpeza nos ferimentos e ser tosado. Além de ração e medicamentos, a ONG também pede ajuda para pagar as despesas médicas. 

Chico foi encontrado amarrado em uma árvore, desnutrido e com ferimentos pelo corpo - Reprodução RICTV Record
Chico foi encontrado amarrado em uma árvore, desnutrido e com ferimentos pelo corpo - Reprodução RICTV Record

No fim de semana, a comunidade do Morro do Céu entrou em contato com a PM porque não sabia de quem era o cachorro, de raça chow chow, que se encontrava em péssimas condições, amarrado em uma árvore no meio do mato na região. Os agentes foram até o local e, ao ver a situação do animal, decidiram resgatá-lo e levá-lo até o Centro de Zoonoses da Capital.

No local, os policiais verificaram que o estabelecimento estava fechado, então ligaram para a diretora do Dibea (Diretoria de Bem Estar Animal) de Florianópolis. Segundo ela, não havia nenhum veterinário disponível naquele momento para atender e receber o cachorro. Após diversas tentativas, a equipe recebeu apoio da ONG Formiguinha da Luz, de São José.

Antes de levar o cachorro, os policiais ainda compraram medicamentos necessários para o tratamento do animal, conforme orientação da veterinária.

A equipe da RICTV Record entrou em contato com a Dibea e eles informaram que nos fins de semana não realizam plantão. O atendimento é feito apenas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade