Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Campanha contra a pólio deverá imunizar 379 mil crianças em Santa Catarina

A vacinação começa neste sábado e vai até o final do mês

Redação ND
Florianópolis

Começa neste sábado (15), e vai até o dia 31 deste mês a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, realizada pelo Ministério da Saúde em parceira com Estados e municípios. Em Santa Catarina, a meta é imunizar 95% das crianças com idade entre seis meses e cinco anos incompletos.

 

Lucas Sampaio/Arquivo/ND
Crianças entre seis meses e cinco anos incompletos deverão tomar as gotinhas

 

A meta representa 379 mil crianças em Santa Catarina, no entanto, o Estado receberá 474,8 mil doses da vacina. Em todo o país, espera-se vacinar 12 milhões de crianças.

As doses serão oferecidas gratuitamente nos postos de saúde. Os pais ainda poderão aproveitar a ida às unidades para colocar em dia as outras vacinas vencidas ou atrasadas das crianças de até cinco anos. O procedimento poderá ser agendado ou realizado na hora, conforme cada caso.

As crianças que nunca foram vacinadas contra a poliomielite, no entanto, não poderão receber as gotinhas. A primeira proteção contra o vírus é realizada de maneira injetável, aplicada aos dois e quatro meses de vida, e uma dose da vacina oral aos seis meses.

A vacinação é recomendada mesmo para os pequenos que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia. Já os que apresentarem infecções agudas, com febre acima de 38°C ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, deverão passar por uma avaliação médica para saber se a vacina pode ser aplicada.

O Ministério da Saúde reforça que a vacina é extremamente segura e representa a única forma de prevenção à doença, que não tem tratamento. Ela protege contra os três sorotipos do poliovírus e sua eficácia é entre 90% e 95%.

Não há registros da doença no Brasil desde 1990 e, em 1994, o país recebeu a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem, emitido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). No entanto, nove países registraram casos de poliomielite entre 2014 e 2015, como Nigéria, Paquistão e Afeganistão, onde a doença é endêmica. 

 

*Com informações da Agência Saúde

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade