Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Câmara de Vereadores de São José inicia trabalhos e quer aproximar a comunidade

Os vereadores promovem uma pesquisa para saber o perfil de quem já visitou o plenário e participa das sessões do Legislativo

Brunela Maria
São José
02/02/2017 às 12H14

Na primeira sessão ordinária da Câmara de Vereadores de São José realizada nesta quarta-feira (1º), ficou claro o desejo dos parlamentares de aproximarem o cidadão do poder legislativo. A meta é encher as galerias, motivar questionamentos e propostas de iniciativa popular, melhorando a imagem do parlamento e atendendo de fato o interesse da sociedade.

Um dos defensores da proposta, o vereador Caê Martins (PSD), disse que, embora não faça parte dos projetos em discussão na primeira semana de trabalho, uma das primeiras medidas, já sugeridas ao presidente Orvino Coelho D’Avila (PSD), é voltar a transmitir as sessões pela TV Câmara. Para Martins, muitos eleitores são impedidos de participar devido ao horário das sessões e necessidade de deslocamento.

“Minha pauta de trabalho está voltada ao cidadão. Percebo que precisamos nos aproximar, construir essa relação e incentivar a acompanhar os trabalhos e discussões no legislativo. É muito importante porque eles nos depositaram essa confiança e devemos honrar”, comenta.

Na primeiro dia de trabalho dos vereadores no plenário também foi lido o projeto de autoria do vereador Nadir Arruda (PSD), que prevê a fiscalização dos serviços de transporte público. O objetivo é obter informações precisas dos ônibus disponibilizados pelas empresas que atuam na cidade. “Fui um dos parlamentares a assinar porque é importante sabermos como anda essa prestação de serviço. O cliente principal é o cidadão. É uma concessão e as empresas precisam responder os questionamentos”, salienta.

Uma pesquisa feita pela Câmara será usada para traçar o perfil de quem participa das sessões do Legislativo. Publicada no site e nas redes sociais da Câmara, a enquete também deve ajudar no trabalho de aproximação com o cidadão.

Como há, muitas vezes, o desconhecimento do papel do vereador e de como acompanhar o seu trabalho, a direção da casa optou por uma metodologia mais simples, sem perguntas complicadas e de fácil acesso. Mais de 1800 pessoas já responderam o questionário.

A galeria do plenário tem capacidade para 70 pessoas sentadas. Geralmente elas ficam lotadas durante as audiências públicas. Ao contrário, nas sessões plenárias, o público não é tão expressivo, exceto em votações polêmicas ou que envolvam o servidor público.

Em 2016, foram realizadas 83 sessões ordinárias, sete extraordinárias, cinco solenes ou comemorativas e quatro audiências públicas. Por ter sido ano eleitoral, o calendário das sessões especiais ficou menor.

Câmara de Vereadores de São José tem baixa presença de público nas sessões - Divulgação/ND
Câmara de Vereadores de São José tem baixa presença de público nas sessões - Divulgação/ND



Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade