Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Caixa Econômica Federal começa a oferecer consignado com uso do FGTS

O empréstimo terá a parcela descontada diretamente do salário do trabalhador com juros menores

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
02/09/2018 às 19H26

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Caixa Econômica Federal vai começar a oferecer, a partir do dia 26 deste mês, o crédito consignado com uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) como garantia.

O consignado é um empréstimo cuja parcela é descontada diretamente do salário do trabalhador e costuma ter juros menores.

Mutirão para entregar as carteiras de trabalho em Santa Catarina - Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas/Divulgação/ND
Especialistas não têm sido favoráveis à medida, que pode aumentar o endividamento do brasileiro - Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas/Divulgação/ND


A medida está prevista na lei 13.313, de julho de 2016, que não foi colocada em prática até agora. Pela legislação, o trabalhador interessado oferece como garantia o dinheiro que está parado no fundo: são 10% do saldo do FGTS mais toda a multa de 40% em caso de demissão.

A quantia ficará separada na conta do Fundo de Garantia do trabalhador até que o empréstimo seja quitado, mas continuará a render normalmente, segundo informações do governo.

A data de liberação foi acertada ontem entre a Caixa e o Ministério do Trabalho. As estimativas são de que aos menos 36,9 milhões de trabalhadores poderão ter acesso ao crédito.

Na semana passada, o Ministério do Planejamento anunciou que os bancos privados também poderão adotar o crédito, mas precisam fechar convênio com a Caixa, que é a gestora do FGTS.

Especialistas não têm sido favoráveis à medida, que pode aumentar o endividamento do brasileiro.

Procurada nesta sexta (31), a Caixa informou que as condições da operação "vão ser divulgadas oportunamente".

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade