Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Cães e gatos também são vítimas de incêndio na Grécia; protetores buscam ajuda

Com o rápido avanço do fogo, moradores tiveram o mar como única opção de fuga e animais acabaram ficando para trás

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
26/07/2018 às 22H03

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os incêndios florestais nos arredores de Atenas, na Grécia, destruíram casas, carros, provocaram cerca de 80 mortes, obrigaram moradores a deixar a região e também vitimaram animais. Há relatos de bichos mortos e animais de estimação que supostamente se perderam dos tutores em meio à tragédia.

Incêndios já deixaram ao menos 74 mortos - Reprodução/R7
Incêndios já deixaram ao menos 74 mortos - Reprodução/R7


Em Mati, com o rápido avanço do fogo, moradores tiveram o mar como única opção de fuga. Mas animais acabaram ficando para trás.

Foi o que aconteceu com a aposentada Stella Petridi, 65, que tinha seis cachorros. Segundo a agência AFP, ela saía da igreja e correu para casa quando percebeu a aproximação do fogo. Porém, não conseguiu abrir a porta do imóvel, que já estava em chamas.

A aposentada seguiu para a praia e foi levada com outras pessoas para a cidade portuária de Rafina, cujo prefeito, Evangelos Bournous, afirmou que “Mati não existe mais”.

Assim como aconteceu no ano passado com os incêndios na região central de Portugal, protetores se unem para ajudar animais resgatados e tentar reuni-los às famílias.

Pelas redes sociais, publicam fotos de animais encontrados abandonados e relatam o tratamento de outros, que foram encontrados com queimaduras.

Uma das imagens compartilhadas é de uma cadela deitada sobre uma pedra na praia. Segundo publicações, ela já está de novo com os tutores.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade