Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Cachorro é resgatado seis dias após cair em penhasco em Ituporanga

Bombeiros usaram equipamento de rapel para salvar o animal, que estava magro e assustado

Redação ND
Florianópolis
27/06/2018 às 21H00

Um cão foi resgatado seis dias após cair em um penhasco, no município de Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. 

Cachorro estava em uma fenda estreita, sem água e sem comida, em Ituporanga - RICTV/Divulgação/ND
Cachorro estava em uma fenda estreita, sem água e sem comida, em Ituporanga - RICTV/Divulgação/ND


O animal estava sem água e sem comida e sobreviveu ao frio e à fome, até ser resgatado pelos bombeiros, que usaram equipamento de rapel para ajudá-lo.

A região é típica de cidades do interior, onde os animais, mesmo os de estimação, são criados soltos no campo. Assim, não são raros os incidentes como o que aconteceu com o cão chamado Neguinho.

Segundo um dos bombeiros, o cachorro pode ter sido levado por algum odor ou até mesmo perseguido outro animal e caído no penhasco. Como o relevo é bastante acidentado, com área
montanhosa entrecortada por rios, é comum alguns locais que aparentam ter solo firme possuírem apenas uma camada de mato.

Envolvido com o trabalho da lavoura, o dono só percebeu o sumiço do cão dois dias depois. Mas ele só foi encontrado seis dias mais tarde, quando vizinhos ouviram latidos que vinham de
um penhasco localizado atrás da casa do dono.

Os latidos vinham da mata fechada, em um local 50 metros abaixo do paredão de pedra. O animal estava muito magro, fraco e assustado, em uma fenda bem estreita. O resgate durou seis horas.

>> Veja a reportagem completa do #Balanço Geral:

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade