Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Bolsa sobe pelo segundo pregão consecutivo após ataque a Bolsonaro

Às 10h30, o Ibovespa era negociado em alta de 0,91%, a 77.118 pontos

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
10/09/2018 às 11H54

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Bolsa brasileira abriu em alta nesta segunda-feira, ampliando os ganhos registrados após o ataque ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). Ele foi esfaqueado na quinta-feira (6), durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). Às 10h30, o Ibovespa era negociado em alta de 0,91%, a 77.118 pontos.

"Como o mercado mostrou no final da sessão de quinta-feira, a consolidação de Bolsonaro no segundo turno parece agradar investidores", escreveu Alvaro Bandeira, economista-chefe da Modalmais.

Nesta segunda, o banco BTG divulgou nova pesquisa de intenção de votos, realizada por telefone no final de semana. Bolsonaro alcança 30% das intenções de voto, ante os 26% registrados há uma semana. Ciro Gomes (PDT) aparece na segunda posição com 12% das indicações, mas empatado na margem de erro com Marina Silva (Rede), Fernando Haddad (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), os três com 8% da preferência dos eleitores. Alvaro Dias (Podemos), Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) têm cada um 3% das intenções de voto.

O levantamento, registrado no TSE sob o número o BR-01522/2018, ouviu 2.000 eleitores. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, com confiança de 95%.

"Ainda é bastante difícil conjecturar quais os ganhos (para Bolsonaro) e as perdas para os demais. Muito provavelmente as próximas pesquisas Datafolha e Ibope devem trazer muito ruído e não devem serem tomadas a valor de face (vide 2014)", escreveu a equipe da Guide Corretora nesta manhã.

Na noite desta segunda-feira (10) será divulgada pesquisa Datafolha coletada também após o ataque a Bolsonaro e a primeira do instituto sem o ex-presidente Lula, impedido de concorrer por decisão da Justiça. Estão previstas ainda nova pesquisa Ibope na quinta-feira (13) e novo Datafolha na sexta (14).

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade