Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Bike patrulha vai reforçar a segurança na cidade de Palhoça

Iniciativa também pretende aproximar a Polícia Militar e a comunidade

Brunela Maria
Palhoça
02/03/2017 às 12H01

A cidade de Palhoça, na Grande Florianópolis, será patrulhada por PMs (Policiais Militares) andando de bicicleta. O projeto Bike Patrulha, bastante difundido no Estado durante a Operação Veraneio, ganhou apoio do município e será implantado até o final deste mês, segundo informou a PM .

As bicicletas vão integrar o sistema de bases móveis, que substitui as bases fixas da cidade - Divulgação/ND
As bicicletas vão integrar o sistema de bases móveis, que substitui as bases fixas da cidade - Divulgação/ND


O comandante do 16º Batalhão, o tenente-coronel Paulo Sérgio Souza, explica que as ações começarão nas áreas comerciais do município, nos bairros Pagani e Ponte do Imaruim. Depois os trabalhos da Bike Patrulha serão intensificados em outros pontos da cidade. “São bicicletas modernas, as quais permitem aos policiais segurança, estabilidade e conforto para eles percorrerem grandes distâncias. Nosso objetivo é fazermos as ações diuturnamente, mas para começar essa função é de horário comercial”, comenta.

Com a Bike Patrulha, a ideia é reforçar as rondas e preservar a segurança em pontos estratégicos do município. “Os policiais vão passar por um treinamento. Na bicicleta estarão todos os equipamentos necessários para situações adversas. Também vamos continuar com apoio das viaturas. A proposta é aproximar os moradores, comerciantes e população em geral dos policiais. Com a bike é mais fácil esse contato”, esclarece.

O Bike Patrulha também vem para substituir o modelo das bases operacionais fixas, que foram fechadas por ordem do Comando Geral da Polícia Militar. Elas foram consideradas improdutivas e as bicicletas devem servir de ponto de partida para a operação com bases móveis, que possibilitam uma ronda mais completa, em praticamente toda cidade.

Queda nos índices de criminalidade

Assim como em outras cidades, em Palhoça, o desafio do comando da Polícia Militar é conter o avanço da criminalidade, em especial do tráfico de drogas. Na avaliação do comandante, as ações ostensivas estão surtindo efeito, principalmente nos índices de homicídios. Desde janeiro, o município registrou quatro assassinatos. Nesse mesmo período, em 2016, a Polícia Militar já tinha contabilizado seis casos. “Agora, com apoio da Bike Patrulha, nossa ideia é reduzir muito esses números e vamos intensificar nossos trabalhos”, comenta.

O comandante espera melhorar ainda mais as condições de operação na cidade com a inauguração da nova sede do batalhão, prevista para dezembro. Atualmente os policias ficam em um prédio alugado, entre os bairros Jardim Eldorado e Pedra Branca. Esse local precede a etapa de construção da nova sede, que está sendo erguida onde atualmente é localizado o antigo prédio, no Centro. Os recursos são provenientes do PAC Santa Catarina e passam de R$ 1 milhão. “Esperamos que seja inaugurada na data prevista. Hoje ocupamos outro prédio e a comunidade, junto conosco, deseja essa mudança para nosso antigo espaço”, salienta.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade