Publicidade
Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 17º C

Bancários aprovam greve por tempo indeterminado a partir do dia 6

Os trabalhadores pedem reposição da inflação e mais 5% de aumento real

Redação ND
Florianópolis
02/09/2016 às 13H20

Os bancários de Florianópolis decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 6, próxima terça-feira. A paralisação foi aprovada em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (1°) pelo SEEB (Sindicato dos Bancários e Região) com a participação de aproximadamente 150 pessoas. A campanha faz parte de um movimento nacional.

Greve nos bancos - Marco Santiago/Arquivo/ND
Os bancários aprovaram greve por tempo indeterminado a partir de terça-feira - Marco Santiago/Arquivo/ND



Os trabalhadores recusaram a proposta apresentada pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) no dia 29 de agosto, que era de reajuste de 6,5% sobre o salário e nos auxílios refeição, alimentação e creche. Também foi oferecido um abono de R$ 3 mil e participação nos lucros e resultados (PLR). 

De acordo com a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), os bancários pedem a reposição da inflação (9,57%) mais 5% de aumento real, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de combate às metas abusivas, ao assédio moral e sexual, fim das demissões e terceirizações. .

“Esse reajuste (apresentado) representa menos de 70% da inflação acumulada nos últimos doze meses, proposta que está bem distante de atender os anseios da categoria”, afirma o sindicato de Florianópolis.  Na segunda-feira, dia 5, às 18h, os bancários da região se reúnem novamente em assembleia para traçar as estratégias e planos para o início da campanha.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade