Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Aulas de educação física serão retomadas no Colégio de Aplicação da UFSC, em Florianópolis

Atividades no centro de desportos serão normalizadas após suspensão pelo Ministério Público Federal, por denúncia de falta de segurança no campus da Trindade

Edson Rosa
Florianópolis

Praticamente três meses depois do começo do ano letivo, na terça-feira (28) finalmente serão retomadas as aulas práticas de educação física para alunos do Colégio de Aplicação da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Suspensas pela Procuradoria Geral da República em Santa Catarina após denúncia de falta de segurança, as atividades continuarão a ser realizadas nas dependências do centro de desportos do campus da Trindade.

Daniel Queiroz/Divulgação/ND
Pista de atletismo é um dos espaços que pode ser utilizado

Segundo a diretora Josalba Ramalho Vieira, já foi elaborado novo calendário para reposição das aulas em atraso, em relação às demais disciplinas.  Ela garante que foram cumpridas todas as recomendações do Ministério Público Federal em Santa Catarina, para a readequação das instalações do campus utilizadas também pelos alunos do Aplicação.

Entre as melhorias na infraestrutura existente na Universidade para atender com segurança de crianças e adolescentes, está a contratação de profissional específico para acompanhamento dos alunos no trajeto entre o Colégio de Aplicação e o local das atividades – ginásios, pista de atletismo ou piscina térmica.

A orientação é que não transitem desacompanhados pelo Campus. “Pais e responsáveis que considerarem desnecessária a condução monitorada dos filhos foram orientados a assinarem declaração para abrir mão oficialmente do acompanhamento”, explica Josalba.

Paralelamente, o Ministério Público determina a existência de local fixo, adequado e predeterminado, para a prática das atividades físicas dos alunos do Colégio de Aplicação. Exige, também, a garantia de que esse local esteja em conformidade com os padrões de segurança e de acessibilidade, enquanto não for viabilizada a construção de espaço próprio e seguro no próprio Colégio de Aplicação.

 

Construção de ginásio é prioridade  

A construção de ginásio próprio para o Colégio de Aplicação, segundo a diretora Josalba Ramalho Vieira, é uma das prioridades da reitora Roselene Neckel, e foi anunciado pelo ministro George Hilton no discurso de inauguração da pista atlética do campus, no dia 25 de março. À ação para suspensão das atividades no centro de desportos, a procuradora Analúcia Hartmann anexa inquérito civil denunciando péssimas condições dos locais destinados às aulas práticas.  

Há relatos, por exemplo, de piso com buracos, ausência de equipamentos para jogos risco à integridade física dos alunos. A procuradora juntou relatos e provas de acidentes ocorridos durante as aulas em locais inadequados, inclusive com lesões corporais. Na terça-feira, os testes de condicionamento físico abrirão as atividades do ano letivo que entra no terceiro semestre.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade