Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

As leis do amor: saiba como é possível criar o relacionamento dos sonhos

Terapeuta e tarólogo Marcos Alexandre explica como criar uma vida a dois harmoniosa

Redação ND
Florianópolis
29/06/2018 às 20H06

Não é comum ouvir sobre relacionamentos que começam e continuam exatamente como o desejado. Mas, com o conhecimento adequado é possível estruturá-los e criar com o seu parceiro ou
parceira uma relação com muito mais harmonia.

Para a vida a dois ser harmoniosa, é preciso estar de bem consigo mesmo - Divulgação/ND
Para a vida a dois ser harmoniosa, é preciso estar de bem consigo mesmo - Divulgação/ND


De acordo com o terapeuta e tarólogo Marcos Alexandre, as 14 Leis do Amor são bem explicadas pelo terapeuta norte-americano Chris Prentiss - que lançou um livro sobre isso. Nessa entrevista, Marcos cita algumas dessas leis, detalhando como funcionam. 

E a primeira lei do amor é estar bem consigo mesmo. Este é o primeiro passo para ter um relacionamento harmonioso. "Todo mundo quer um relacionamento assim, mas muitas vezes a própria pessoa não está em harmonia nem feliz consigo mesma, então busca no outro a validação, a felicidade, a companhia", explica o terapeuta.

Segundo ele, toda essa ansiedade acaba interferindo no relacionamento. "No começo o outro até tenta ajudar, mas com o tempo isso não dá certo. Ou a pessoa vai embora ou os dois acabam afundando", afirma. "Se você quer uma pessoa feliz e alegre ao seu lado, aquela pessoa feliz e alegre também vai querer a mesma coisa".

Outra questão é saber como e quando terminar um relacionamento. "Você tem que ser compreensivo, ajudar seu companheiro a susperar dificuldades. Mas também tem que saber quando não é mais o momento de ficar sendo vítima de maus tratos e traições. Tudo tem um limite", ensina Marcos. O tarólogo explica que o importante é ouvir o que as pessoas fazem, não o que elas falam. "Se a pessoa diz que te ama e que não vai mais te trair, a verdade é o que ela fez (já traiu) e não o que está dizendo, e está na hora de você terminar o relacionamento".

A terceira lei diz respeito ao tempo. Quando se busca uma harmonia interior, estar de bem consigo mesmo, isso leva certo tempo. "Às vezes você tem 30, 40, 50 anos de idade e viveu esse tempo todo com dificuldades, bloqueios, traumas, relacionamentos mal resolvidos. Então quando você começa a melhorar, não é em uma semana que você vai achar alguém", afirma.

Outro ponto essencial para um bom relacionamento amoroso é a confiança. "Quando uma mentira sai da sua boca, você está se condenando a um relacionamento de segunda classe. É
melhor ficar sozinho".

E tudo é mutável, até o relacionamento. "Muitas vezes as pessoas casam, prometem amor eterno, mas 20 anos depois a coisa muda. Pode ser que encontre outra pessoa na segunda ou terceira fase da vida que seja a pessoa certa pra você".

Para Marcos Alexandre, não é possível amar duas pessoas ao mesmo tempo. O que pode acontecer, segundo o terapeuta, é se sentir atraído fisica, emocional ou espiritualmente por pessoas diferentes. "Porém, somos racionais e temos o poder de escolha e isso é o que nos diferencia dos animais", explica. "Então você escolhe uma, em detrimento das outras".

Ele também lembra que não é preciso ficar em um relacionamento ruim por conta dos filhos. "As crianças seguirão sendo filhas daquele pai, mas o relacionamento entre homem e mulher pode mudar".

>> A entrevista completa você confere no programa #Ver Mais Joinville:

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade