Publicidade
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 23º C

Apreensão de maconha nesta quarta-feira em Rancho Queimado é a maior da história em SC

Carreta transportava 4.368 quilos da droga, segundo pesagem da Deic

Felipe Alves
Florianópolis
13/10/2016 às 13H19

A Deic (Diretoria Estadual de Investigações Criminais) finalizou a pesagem do carregamento de maconha apreendido na tarde desta quarta-feira (12), em Rancho Queimado, fechando a contagem em 4.368 quilos. É a maior apreensão da droga na história de Santa Catarina. A maconha estava escondida entre sacos de lã de carneiro no reboque de uma carreta Volvo com placas de Santa Helena (Paraná). Três homens foram presos e prestam depoimento na noite desta quarta na sede da Deic, na Capital.

Toneladas de maconha foram apreendidas em Rancho Queimado - PRF/Divulgação
Toneladas de maconha foram apreendidas em Rancho Queimado - PRF/Divulgação



Após uma denúncia anônima, uma operação foi montada na tarde de quarta-feira entre a Deic, a Denarc (Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico) e a PRF (Polícia Rodoviária Federal). A carreta foi parada no quilômetro 61,6 da BR 282, perto do posto da PRF, em Rancho Queimado, por volta das 13h, quando o motorista, de 30 anos foi preso.

Além da carreta, outros dois carros que faziam a função de batedores foram abordados. Eles vinham do Mato Grosso do Sul, com destino a São José, onde a droga seria comercializada na Grande Florianópolis. Os motoristas, um de 26 anos e outro de 42, também foram presos em flagrante.

A carga e os veículos foram encaminhamos para a sede da Deic, no Estreito, em Florianópolis. No local, as equipes passaram a tarde fazendo a pesagem dos pacotes de maconha. O trabalho foi finalizado por volta das 20h.

De acordo com o delegado Pedro Henrique Mendes, da Deic, o denunciante anônimo afirmou que a carreta viria nesta quarta para a Grande Florianópolis e passou a descrição do veículo.

Equipes de polícia passaram a monitorar os veículos que passaram pela rodovia durante o dia. Os três homens devem ser encaminhados ao presídio de Florianópolis. Os nomes não foram divulgados.

Até 1999, a maior apreensão de maconha no Estado havia sido realizada pela Polícia Federal em Joinville: 2.785 quilos. Depois disso há somente um registro de quantidade semelhante: 2.645 quilos apreendidos pela Polícia Civil em 2014, em Araranguá,.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade