Publicidade
Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 18º C

Apple lança serviço de compra e armazenamento de músicas pela internet

Evento que apresentou o iCloud, plataforma em nuvem, marca reaparecimento de Steve Jobs em público

Redação ND
Florianópolis
Divulgação/ND
Mais magro, Steve Jobs faz reaparição para anunciar migração para "nuvem" digital

 

O diretor-executivo da Apple, Steve Jobs, apresentou nesta segunda-feira (6) sua nova plataforma na "nuvem", o iCloud, que permitirá o usuário armazenar gratuitamente todo seu conteúdo musical e descarregá-lo automaticamente de qualquer aparelho eletrônico da Apple.

“O centro de sua vida digital estará agora na “nuvem”, disse Jobs, durante a Conferência anual de Desenvolvedores da Apple 2011 (WWDC, na sigla em inglês)”, em San Francisco, em sua terceira aparição do ano desde que anunciou dispensa médica em janeiro.

“ Se você compra uma música no iPhone, quer levá-la para o resto de seus aparelhos. Sincronizar nos deixava loucos, mas agora já temos a solução para este grande problema: o iCloud. Não é preciso fazer nada, simplesmente o conteúdo fica na nuvem e é transferido aos outros aparelhos”, explicou Jobs.

Jobs foi aplaudido quando subiu ao palco do Moscone Center, em São Francisco, ao ser aplaudido de pé pelas 5.000 pessoas presentes, ao som da música "I Feel Good" (Eu me sinto bem, em tradução livre), de James Brown. Sua última aparição em público  foi no mês de março, quando lançou o tablet iPad 2.

Jobs está em licença médica desde janeiro e participou de um evento da empresa pela última vez em março, para apresentar o iPad 2. O iCloud, segundo analistas, deve ser a nova fonte de crescimento para a empresa mais valiosa do mundo da tecnologia.

O serviço tem ainda o potencial de tornar a loja online iTunes ainda mais poderosa, dificultando os esforços de concorrência dos rivais, diz Shaw Wu, analista da consultoria Sterne Agee.

Essa expansão para a computação em nuvem é vista como crucial se a empresa deseja se manter competitiva diante de softwares cada vez mais populares, como o sistema operacional Google Android. 

Nova versão do Lion

A Apple também apresentou nesta segunda-feira a nova versão do sistema operacional para Mac, Lion, que só será vendido através da loja digital da empresa por US$ 29,99 a partir de julho.

O Lion inclui o chamado sistema AirDrop, que permitirá o envio e troca de todo tipo de arquivos dentro da rede do Mac. Em uma apresentação de quase duas horas, na qual Jobs foi a estrela, a Apple foi especificando pouco a pouco os elementos de seus novos aplicativos destinados a revolucionar o mundo das telecomunicações.

“Hoje falaremos de software, da alma; e deixaremos de lado o hardware, o cérebro”, foram as primeiras palavras de Jobs, visivelmente mais magro, no início do evento realizado em São Francisco.

A Apple informou também de seus últimos dados de vendas: 25 milhões de iPads, 15 bilhões de músicas do iTunes e 130 milhões de livros da sua plataforma digital iBooks.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade