Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Após renunciar ao cargo de prefeito de Chapecó, José Caramori assume presidência do Badesc

Ex-prefeito assumiu o cargo em reunião extraordinária nesta quinta-feira (7)

Redação ND
Florianópolis

Assim como indicavam os rumores do final do ano passado, José Caramori renunciou ao cargo de prefeito de Chapecó, no Oeste do Estado, e assumiu a presidência do Badesc (Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina). A oficialização ocorreu nesta quinta-feira (7), em reunião extraordinária da diretoria colegiada. A prefeitura do município foi recentemente assumida pelo vice, Luciano Buligon (PSB).

Badesc/Divulgação/ND
Caramori assumiu cargo em reunião extraordinária

 

“Assumo com a missão de dinamizar a agência de fomento e contribuir para que ela desempenhe com ainda mais eficiência e eficácia o papel de indutora do desenvolvimento econômico catarinense”, disse Caramori na reunião que contou com a presença de Justiniano Pedroso, diretor de Desenvolvimento de Negócios, João Carlos Grando, diretor de Operações, e Olívio Rocha, que deixa a presidência e volta a ocupar a diretoria Administrativa e Financeira do Badesc.

Segundo a instituição, uma solenidade de posse deve ocorrer em data a ser definida, após o retorno do governador, Raimundo Colombo, que está em viagem ao exterior, e a volta das atividades na Assembleia Legislativa, a partir de fevereiro.

:: Prefeito de Chapecó admite conversas para renúncia ao cargo e posse na presidência do Badesc

 

Rumores já indicavam mudanças

Em novembro, o Notícias do Diapublicou matéria em que Caramori já dava indícios sobre a mudança de cargo.“Houve conversas e consultas quanto a essa possibilidade. Um convite desses tem um peso muito importante, já que o Badesc é uma referência para Santa Catarina e para o Brasil como um elemento propulsor para a economia. Se houver o convite formal, naturalmente vamos considerar com muita responsabilidade”, disse o então prefeito de Chapecó na época, sobre o convite do governador Raimundo Colombo - que não havia sido oficializado.

Caramori ainda afirmou na ocasião que a oportunidade era única e que a população compreenderia uma eventual renúncia. “A comunidade entenderá que se trata de uma missão importante, com possibilidades de ganhos para a região. Não estou em busca de cargo, mas, se confirmando, darei apoio integral ao vice-prefeito para a conclusão do nosso mandato sem que a cidade sofra com a descontinuidade”.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade