Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Após rastrearem celular roubado, policiais prendem suspeito de atirar contra PM na Capital

O homem realizou ao menos dez disparos e se escondeu em um mangue, na região continental, mas foi localizado pelo GPS do aparelho da vítima

Redação ND
Florianópolis
18/05/2018 às 19H58

Um homem foi preso no bairro Capoeiras, na região continental de Florianópolis, após realizar uma série de assaltos e atirar contra uma guarnição da PM (Polícia Militar). Ele foi localizado com a ajuda de uma das vítimas, que rastreou o celular rouboado e permitiu que os policiais obtessem a localização do suspeito.

H.S.S. foi detido com uma pistola calibre 765, a carteira e o celular da vítima e a chave do veículo utilizado no crime. Os policiais também localizaram o Fiat/Uno em questão, estacionado na rua José do Patrocínio, que estava com a placa adulterada. Dentro do carro foram encontrados os pertences roubados das demais vítimas e roupas utilizadas no roubo.

Após confronto, homem foi encontrado com arma, carteiras e celulares - PM/Divulgação/ND
Após confronto, homem foi encontrado com arma, carteiras e celulares - PM/Divulgação/ND


Após ser acionada para atender a uma ocorrência de roubo, a polícia chegou a uma padaria, na avenida Governador Ivo Silveira, e foi informada por uma das vítimas que um dos suspeitos havia roubado seu celular. Depois de obterem a posição do aparelho pelo rastreamento, disponibilizado pelo dispositivo, os agentes se deslocaram para outro ponto da avenida, próximo à servidão das Laranjeiras.

No local, encontraram H., que atirou contra os policiais e deu início à troca de tiros. Outra guarnição, que passava pelo local, também participou do confronto. Segundo a PM, foram ouvidos cerca de dez disparos dos indivíduos em direção à guarnição – não foi possível definir se todos foram realizados por H..

Em seguida, os policiais conseguiram rastrear novamente a posição do suspeito pela localização do celular da vítima. O homem estava escondido em um mangue, aos fundos do Parque de Coqueiros, na avenida Engenheiro Max de Souza. Com o apoio de guarnições da Polícia Militar Ambiental, GTAM (Batalhão de Motopatrulhamento Tático) e do Choque (Grupamento de Polícia de Choque), os agentes fizeram o cerco e localizaram o suspeito.

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade