Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Após polêmica sobre lentidão, Apple dá desconto de R$ 300 em troca de bateria

A companhia vai reduzir em R$ 300 o preço de substituição de bateria para o iPhone, de R$ 449 para R$ 149

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
03/01/2018 às 16H09

FILIPE OLIVEIRA/SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após confirmar que aparelhos iPhone possuem funcionalidade que diminui sua velocidade conforme a bateria dos aparelhos envelhecia, a Apple dará descontos para quem quer trocá-las.

A companhia vai reduzir em R$ 300 o preço de substituição de bateria para o iPhone, de R$ 449 para R$ 149.

Descontos do tipo estão sendo oferecidos em todo o mundo para iPhones 6 ou modelos mais recentes.

A Apple também promete lançar, no início deste ano, uma atualização do iOS (sistema operacional dos smartphones da empresa) com novos recursos que oferecem aos usuários mais informações sobre o estado da bateria do iPhone.

Com isso, os próprios donos dos smartphones poderão saber se a condição dela está afetando o desempenho dos aparelhos.

Em nota, a Apple afirma que sua intenção sempre foi que seus clientes pudessem usar seus aparelhos iPhone pelo máximo de tempo possível. "Os produtos Apple são conhecidos pela durabilidade e por manter seu valor por mais tempo que os concorrentes, e temos muito orgulho disso", afirma.

A Apple diz que a ação reconhece a lealdade de clientes com sua marca e busca recuperar a credibilidade junto a todos que duvidaram das intenções da empresa.

Lentidão

Em dezembro, a Apple confirmou torna o smartphone mais lento conforme o modelo envelhece.

Alguns usuários acusavam a fabricante de fazer isso para levar as pessoas a trocarem de celular. A Apple afirmou que implementou a função devido à piora da performance da bateria de íon-lítio com o tempo.

O objetivo da diminuição da velocidade seria prevenir que o telefone desligue sozinho e "prolongar a vida útil" do aparelho.

A revelação levou à abertura de ações Estados Unidos, Israel e França buscando ressarcimento a danos causados a consumidores.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade