Publicidade
Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 16º C

Após parar no hospital, menino agredido na saída da escola será transferido, em Mafra

A criança de oito anos sofria bullying e preconceito por ser negra

Redação ND
Florianópolis
18/07/2018 às 22H08

O menino de oito anos que foi agredido na saída da escola onde estudava, em Mafra, no Norte de Santa Catarina, será transferido para outra unidade educativa. A criança sofria bullying, praticado por um adolescente de 16 anos, por ser negra.

Após urinar sangue, menino foi levado às pressas para unidade de pronto atendimento - Reprodução/RICTV
Após urinar sangue, menino foi levado às pressas para unidade de pronto atendimento - Reprodução/RICTV


O garoto está atualmente na casa da avó, em Florianópolis, e deve voltar para Mafra na próxima semana. De acordo com a mãe, o Conselho Tutelar do município já procurou a família e todas as medidas serão tomadas assim que o menino voltar das férias.

Segundo os pais, o filho sofria bullying e preconceito por ser negro. A família teriam procurado a escola para pedir ajuda, mas o preconceito evoluiu para agressão física. Na saída da escola, o garoto apanhou de um colega de classe que também estuda no terceiro ano. Em casa, após urinar sangue, foi levado às pressas para uma unidade de pronto atendimento e transferido para o Hospital Infantil de Joinville, onde ficou internado até a semana passada.

Com informações da RICTV Record SC.

Publicidade

1 Comentário

Publicidade
Publicidade