Publicidade
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 25º C
  • 17º C

Após facada, Bolsonaro aparece em vídeo no hospital e diz que nunca fez mal a ninguém

Em sua primeira declaração após o ataque nesta quinta-feira, candidato à Presidência comparou momento a bolada em jogo de futebol

Folha de São Paulo
São Paulo (SP)
07/09/2018 às 10H29

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em um vídeo gravado no hospital em Juiz de Fora (MG), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) disse que "nunca fez mal a ninguém" e que no momento em que foi esfaqueado sentiu o que parecia "apenas uma pancada".

Em sua primeira declaração após o ataque nesta quinta-feira (6), ele comparou aquele momento com uma bolada em um jogo de futebol. "A dor era insuportável. E parecia que tinha algo mais grave acontecendo", disse ele.

Filho do candidato, Flávio Bolsonaro postou foto do pai no hospital - @FlavioBolsonaro/Twitter/Reprodução
Filho do candidato, Flávio Bolsonaro postou foto do pai no hospital - @FlavioBolsonaro/Twitter/Reprodução


O vídeo foi feito no leito do hospital pelo senador Magno Malta (PR-ES), que foi visitá-lo junto com filhos do candidato a presidente.

Falando com dificuldade, ele agradeceu à equipe de médicos e enfermeiros que, disse, impediu que o pior acontecesse.

"Eu me preparava para um momento como esse, porque você corre riscos", disse.

Ele lamentou ainda que não poderá comparecer a um desfile de Sete de Setembro, no Rio. 

Na gravação, Magno Malta aparece fazendo uma oração sobre o leito de Bolsonaro e pede a Deus pela recuperação do candidato.

Pouco antes, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), filho de Jair, divulgou vídeo afirmando que a faca "entrou 12 centímetros dentro dele".

"Foi por um milagre que ele tá vivo. Se ele demorasse mais cinco minutos para chegar no hospital, ele teria morrido", disse Eduardo, que acrescentou que a primeira equipe de atendimento foi responsável por salvá-lo.

No vídeo, Eduardo levantou suspeitas sobre a participação de outras pessoas no crime. "Muitos já falam que existem investigações que a faca não veio somente na mão do criminoso que deu a facada. Ela rolou na mão de outras pessoas antes."

>> Após ser estabilizado, Jair Bolsonaro deixa a Santa Casa de Juiz de Fora

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade