Publicidade
Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 20º C

Após “ET da Praia Mole”, mensagem misteriosa é avistada em plantação no Norte do Estado

Palavra "obrigado" foi localizada por usuários do Google Maps em plantação de arroz no município de Guaramirim

Redação ND
Florianópolis
19/10/2018 às 15H43

Uma misteriosa mensagem foi avistada em uma plantação de arroz no município de Guaramirim, no Norte do Estado, gerando novas discussões sobre a existência de vida extraterrestre. A palavra "obrigado" foi visualizada por usuários do Google Maps no meio de vegetação próxima à Estrada Bananal do Sul, quase no limite entre Guaramirim e Araquari. Conforme dados que constam no Google Maps, a imagem foi registrada neste ano, mas não é disponibilizada a data exata.

Apesar da empolgação nas redes sociais, o estudante de Ufologia Cyrus Becker acredita que não se trata de uma comunicação extraterrestre. “Seria preciso ir até o local para averiguar e ver como o desenho foi feito, mas pelo que vi das imagens, é fake”, afirmou ele, sem detalhar sua constatação.

Imagens do Google Maps em Guaramirim mostra a palavra
Imagem do Google Maps de Guaramirim mostra a palavra "obrigado" na plantação de arroz - Google Maps/Reprodução


Agosto teve episódio de mistério em Floripa

Em agosto, Florianópolis também foi palco de um episódio misterioso. Uma gravação feita na Praia Mole, no Leste da Ilha, ganhou destaque nas redes sociais e gerou dúvidas sobre o suposto aparecimento de um óvni. O skatista Marcos Dias gravou imagens de um objeto não identificado no céu, de cor preta, flexível e que sumiu rapidamente.

“Era umas 15h, estavam todos olhando para o céu, um amigo veio me avisar que havia algo estranho lá em cima. O objeto estava muito mais alto do que normalmente passam os aviões, parecia flexível, mudava de formas”, contou Dias à RICTV Record.

Objeto foi visto no céu na região da Praia Mole em Florianópolis - RICTV Record/Reprodução
Objeto não identificado foi visto no céu na região da Praia Mole em Florianópolis - RICTV Record/Reprodução


O professor de astronomia Paulo Duarte analisou as imagens, ouviu relatos de testemunhas e chegou à conclusão de que o objeto se tratava de um balão solar. “O pessoal pega sacos de lixo e enche de ar, depois fecha as pontas e coloca no sol para ir aquecendo. O ar quente é mais leve do que o ar que está em volta, então o balão vagarosamente vai subindo”, afirmou. “Vem à imaginação popular, o pessoal já acha que é disco voador, óvni, extraterrestre. Nesse caso aqui, com certeza é um balão solar”, concluiu.

* Com informações da RICTV Record

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade