Publicidade
Sábado, 18 de Novembro de 2017
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 21º C

Aplicativo Floripa no Ponto promete revolucionar o transporte coletivo da Capital

Apesar do atraso, Consórcio Fênix deve inaugurar no dia 14 o Centro de Controle Operacional que vai monitorar a frota em tempo real e reduzir a espera dos passageiros

Michael Gonçalves
Florianópolis
03/08/2017 às 22H22

A principal novidade na operação do transporte coletivo pelo Consórcio Fênix deve entrar em funcionamento no dia 14 de agosto. Trata-se do CCO (Centro de Controle Operacional), construído no bairro Capoeiras, de onde a frota será monitorada em tempo real. Com isso, o consórcio vai lançar o aplicativo Floripa no Ponto, para informar os passageiros sobre as linhas que passam por uma das 1.875 paradas e o tempo até a chegada do próximo ônibus. O contrato de concessão do serviço, assinado em 30 de abril de 2014, previa apresentação do projeto do CCO em 60 dias e mais 360 dias até a entrada em operação.

Para o secretário municipal de transportes, o usuário terá um ganho significativo com o lançamento do app - Daniel Queiroz/ND
Para o secretário municipal de transportes, o usuário terá um ganho significativo com o lançamento do app - Daniel Queiroz/ND



O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Florianópolis, Marcelo Roberto da Silva, explica que a construção do Centro de Controle Operacional é uma contrapartida do processo licitatório. “Hoje, 100% da frota da Capital possui GPS e 45% têm câmeras de monitoramento. Agora, o usuário terá um ganho significativo, porque o aplicativo vai informar quanto tempo o ônibus vai levar para chegar até a parada. Inicialmente, o serviço será oferecido nas linhas do serviço executivo, porque ainda encontramos na Ilha áreas de sombreamento (sem sinal) e de carregamento (muitos acessos)”, anunciou.

Para o secretário, funcionário de carreira da Prefeitura de Florianópolis há 31 anos, a dívida do município com o consórcio pode ter atrasado a construção do CCO. “Acho que o principal atraso aconteceu em função da falta de pagamento por parte da gestão anterior do subsídio do transporte coletivo. Ainda estamos com uma dívida de R$ 6,8 milhões referente a 2016. É um valor significativo”, afirmou.

Florianópolis tem 186 linhas e 8.000 partidas diárias. O objetivo é que até o fim do ano toda a frota esteja com câmeras e o aplicativo disponível em dois idiomas.

 

Mais segurança nos ônibus

O Centro de Controle Operacional não será apenas uma central de transporte, porque haverá integração com as câmeras de monitoramento dos terminais, dos coletivos e de segurança do município. Todos os ônibus terão três câmeras. Uma virada para o motorista, a segunda para a via pública e a última para os passageiros. Um dos objetivos é a redução de ocorrências policiais no interior dos ônibus.

“No centro estarão trabalhando de forma conjunta o sistema de transporte coletivo, a fiscalização da secretaria, a guarda municipal e também o monitoramento do trânsito. Com as câmeras nos coletivos, daremos mais segurança ao usuário. As ocorrências de furto, assédio ou qualquer outra serão monitoradas. As gravações serão arquivadas por 60 dias e 10 jovens aprendizes farão a captura das imagens”, explicou o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana, Marcelo Roberto da Silva.

A assessoria de imprensa informou que o Consórcio Fênix cumpre exatamente o que foi firmado em contrato com a prefeitura. Ela não confirmou a data de lançamento, em função de motivos técnicos de projetos desta magnitude. Sobre o atraso, a assessoria pediu mais tempo para responder por que precisaria consultar a prefeitura e o departamento jurídico.

 

Aplicativo

Como funciona

Usuário baixa o aplicativo Floripa no Ponto;

Com a localização ativada, o usuário vai saber as linhas que estão disponíveis na sua parada;

O usuário vai clicar sobre uma linha e o aplicativo vai informar o tempo de espera até o próximo coletivo;

Inicialmente, o aplicativo será disponibilizado para os usuários das linhas do transporte executivo.

Publicidade

7 Comentários

Publicidade
Publicidade