Publicidade
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Ao menos 25 pessoas morrem em ataque aéreo contra rebeldes na Síria

Folha de São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 25 pessoas morreram em uma ofensiva contra grupos rebeldes da Síria. O pesado ataque feito por aeronaves dos governos sírio e russo é considerado pelo OSDH (Observatório Sírio de Direitos Humanos) o maior já realizado na região de Hama desde 2014.

A região é controlada pelo regime do ditador Bashar al-Assad e vinha sofrendo uma rápida ofensiva de grupos rebeldes na última semana. Segundo o governo, o ataque, que matou civis, incluindo seis crianças, foi direcionado para atingir o grupo terrorista Jund al-Aqsa e o Exército Livre da Síria.

A agência de notícias estatal SANA afirmou que os ataques aéreos foram concentrados em uma área supostamente controlada por terroristas. Dez deles teriam morrido na ação. Veículos dos rebeldes também teriam sido destruídos.

O líder de um dos grupos insurgentes confirmou que dois de seus comandantes e outros três combatentes morreram. O OSDH reportou ainda que a ação militar atingiu uma estrada que liga a atual posição dos rebeldes próximo a Hama à região noroeste da Síria, controlada pelos insurgentes.

Uma das tentativas dos grupos rebeldes é a tomada do aeroporto local, de onde decolam helicópteros sírios que atacam os rebeldes em áreas como Alepo. Por Hama ainda passa uma importante estrada que serve para abastecer a capital, Damasco, controlada por Assad.
Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade