Publicidade
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Amigos de Palhoça criam jogo eletrônico sobre a neve no Cambirela

Obstáculos ironizam situação política e sistema de transporte da cidade

danielpaulus
Florianópolis

Dois moradores de Palhoça, na Grande Florianópolis, criaram um bem-humorado jogo online chamado “Cambirela Adventure”. O game se passa em um cenário que marcou história na região durante o mês de julho, a neve que cobriu parte do Morro do Cambirela. Personagens do dia-a-dia do município foram acrescentados ao jogo, com a intenção de satirizar os problemas enfrentados na cidade.

 

Reprodução/Cambirela Adventure/ND
Reprodução/Cambirela Adventure/ND
O game brinca com as dificuldades do cotiadiano do palhocense

 

Henrique Müller, professor de programação e aluno do curso de design de jogos e entretenimento, é um dos criadores do jogo. “A ideia surgiu durante um estudo de estética e desenho, exatamente nos dias em que o Morro do Cambirela estava coberto pela neve, como precisávamos experimentar modelos e novidades, acabamos utilizando este fenômeno como insight no jogo”, diz.

O jogo, em estilo 8 bit, foi feito em parceria com outro professor de desenho e animação, Dimitre Carmargo, que foi o principal responsável pelos cenários e obstáculos do game. “Eu também fiz alguns desenhos, mas fiquei mais com a parte de programação do jogo em que sou o o personagem que desce o morro e enfrenta os obstáculos”, aponta Henrique.

O professor conta que os personagens do desafio representam questões reais do município. “O dinossauro representa uma estátua do bairro Alto Aririú, o caranguejo é o símbolo de Palhoça e a imagem do prefeito-vereador representa uma situação vivenciada neste ano, em que nossa cidade ficou sem uma gestão municipal. O Tavinho é um senhor que sempre fica na Praça Sete de Setembro, no Centro da cidade e o ônibus retrata nosso conceito de transporte público que é precário”, ressalta Henrique.

Como o game foi feito na plataforma flash, não será possível disponibilizá-lo em smartphones, mas os idealizadores informam que o jogo ficará disponível na internet. "O jogo brinca com as dificuldades do cotiadiano do palhocense juntamente com o fenômeno climático ocorrido neste ano, esperamos que as pessoas gostem da brincadeira", diz Henrique. 

Estética é de games dos anos 90

A brincadeira simples exigiu três semanas de trabalho dos programadores. Atividade que eles tiraram de letra. A ideia surgiu durante um estudo de estética e desenho. Eles precisavam de um jogo para experimentar modelos e novidades. Como o assunto do momento era a inédita neve em Palhoça, não pensaram duas vezes: apostaram no fenômeno e nos personagens de Palhoça para dar vida ao game.

A base de inspiração para o jogo veio de modelos antigos, com estética dos anos 90. “Nossas inspirações foram o Atari e outros games da Nintendo”, comenta Henrique. Os dois são professores e, durante a elaboração do jogo, contaram para os alunos o que estavam programando. “O tempo todo eles perguntavam se o jogo estava pronto, se já poderiam começar a jogar”, relembra Dimitre. (Saraga Schiestl)

 

Alunos testaram e aprovaram

No primeiro dia de testes do Cambirela Adventure foram os alunos os grandes responsáveis por divulgar e curtir, nas redes sociais, a novidade. Nem mesmo durante a prova aplicada por Henrique os pulos do professor dentro do computador ficaram de fora. “Tive que dar uma bronca para eles pararem de jogar e se concentrarem na prova”, brinca Henrique, que desafia os jogadores a encontrarem a segunda vez que aparece a ponte Hercílio Luz ao fundo da tela do game. “As pessoas estão competindo e colocando colagens da tela nas redes sociais com a pontuação que fizeram”, completa Dimitre. 

A princípio os desenvolvedores não têm uma atualização programada para o game. “Vou corrigir alguns erros que estão acontecendo e colocar um ranking”, confirma Henrique. (Saraga Schiestl)

 

Joque aqui o game Cambirela Adventure.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade