Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 21º C

Com implantação das primeiras melhorias, avaliação do Aeroporto Hercílio Luz melhora

A média da nota do aeroporto subiu de 3,58 para 3,69, fruto dos últimos investimentos realizados pela empresa Floripa Airport, responsável pela administração

Redação ND
Florianópolis
31/07/2018 às 19H03

A concessão do Aeroporto Internacional Hercílio Luz à iniciativa privada começou a reverter para a insatisfação dos usuários com as condições de conforto, capacidade e infraestrutura geral do terminal. É o que mostra a pesquisa trimestral divulgada ontem pelo Ministério dos Transportes. A média da nota do aeroporto subiu de 3,58 para 3,69, fruto dos últimos investimentos realizados pela empresa Floripa Airport, responsável pela administração. Em 18 indicadores avaliados, o terminal tem nota acima de 4, que é a meta estabelecida pelo Governo Federal e a expectativa é de que, com os investimentos previstos, a satisfação do usuário melhore ainda mais

“Um dos investimentos mais importantes no início do ano foi a ampliação em 30% da área de inspeção de segurança, com o objetivo de reduzir as filas no setor. A melhoria surtiu efeito”, comemorou a empresa, por meio de nota.  No quesito tempo de fila de inspeção, na atual pesquisa, o Aeroporto de Florianópolis recebeu nota 4,68, ficando entre os três primeiros do Brasil. Apesar de todos os esforços, a concessionária reitera que a excelência na qualidade de atendimento aos passageiros só será alcançada com a inauguração do novo terminal. Florianópolis também teve a segunda melhor nota na cordialidade dos funcionários da emigração (veja no quadro).

Aeroporto Hercílio Luz  - Flávio Tin/ND
A média da nota do aeroporto subiu de 3,58 para 3,69 - Flávio Tin/ND

A Floripa Airport está investindo R$ 5 milhões em melhorias no atual terminal, que vão desde reformas nos banheiros, novas sinalizações até ampliações como a da área de embarque. As novas salas custaram R$ 870 mil. Em paralelo, segue com as obras do novo terminal, que entra em operação em agosto de 2019 e onde estão sendo investidos R$ 550 milhões.

Aeroporto Hercílio Luz  - Flávio Tin/ND
A Floripa Airport está investindo R$ 5 milhões em melhorias no atual terminal - Flávio Tin/ND

Avaliação geral dos aeroportos

1º Curitiba 4,69

2º Viracopos (Campinas) 4,67

3º Confins (Belo Horizonte) 4,61

4º Vitória 4,59

5º Manaus 4,46

6º Natal 4,46

7º Maceió 4,44

8º Recife 4,42

9º Brasília 4,40

10º Santos Dumont (Rio) 4,39

11º Galeão (Rio) 4,38

12º Goiânia 4,38

13º Guarulhos 4,37

14º Porto Alegre 4,36

15º Congonhas (São Paulo) 4,36

16º Salvador 4,27

17º Fortaleza 4,23

18º Cuiabá 4,22

19º Belém 3,97

20º Florianópolis 3,69

 

Avaliação do Hercílio Luz

Facilidade de desembarque no meio-fio: 3,83 (19º lugar)

Tempo de fila da inspeção de segurança: 4,68 (3º)

Confiabilidade de inspeção de segurança: 4,38 (20º)

Cordialidade e prestatividade dos funcionários da inspeção de segurança: 4,55 (13º)

Qualidade da sinalização do aeroporto: 3,81 (20º)

Disponibilidade e qualidade das informações nos painéis de voo: 3,57 (20º)

Disponibilidade de tomadas: 3,16 (20º)

Qualidade da internet / wi-fi disponibilizada pelo aeroporto: 3,55 (6º)

Disponibilidade de sanitários: 2,91 (20º)

Limpeza dos sanitários: 3,46 (20º)

Disponibilidade de assentos na sala de embarque: 3,60 (20º)

Sensação de segurança nas áreas públicas do aeroporto: 4,20 (18º)

Limpeza geral do aeroporto: 3,93 (20º)

Conforto térmico do aeroporto: 4,00 (19º)

Conforto acústico do aeroporto: 3,69 (20º)

Qualidade da informação nos painéis das esteiras de restituição de bagagem: 4,65 (5º)

Qualidade das instalações de estacionamento de veículos: 3,39 (19º)

Disponibilidade de vagas no estacionamento: 3,33 (19º)

Custo-benefício do estacionamento: 3,00 (11º)

Quantidade e qualidade de lanchonetes e restaurantes: 3,59 (14º)

Custo-benefício dos produtos de lanchonetes e restaurantes: 2,74 (13º)

Disponibilidade e localização de bancos/caixas eletrônicos/casas de câmbio: 3,06 (20º)

Quantidade e qualidade de estabelecimentos comerciais: 3,31 (20º)

Custo-benefício dos produtos comerciais: 2,88 (15º)

Tempo de fila no check-in (autoatendimento): 4,69 (5º)

Tempo de fila no check-in (balcão): 4,40 (10º)

Cordialidade e prestatividade dos funcionários do check-in: 4,69 (13º)

Qualidade da informação prestada pela companhia aérea: 4,56 (5º)

Velocidade de restituição de bagagem: 4,59 (7º)

Integridade da bagagem: 4,47 (13º)

Tempo de fila na emigração: 4,53 (13º)

Cordialidade dos funcionários da emigração: 4,79 (2º)

Tempo de fila na imigração: 3,97 (14º)

Cordialidade dos funcionários da imigração: 4,35 (14º)

Tempo de fila da aduana: 4,50 (10º)

Cordialidade do funcionário da aduana: 4,35 (14º)

Disponibilidade de transporte público para o aeroporto: 4,19 (16º)

Fonte: Ministério dos Transportes

 

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade