Publicidade
Sábado, 15 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 32º C
  • 23º C

Adolescente suspeito de latrocínio em Águas Mornas é apreendido em Palhoça

Em operação nesta sexta-feira, policias encontram DVD e a televisão das vítimas do crime que ocorreu na Grande Florianópolis na última sexta-feira (14)

Redação ND
Florianópolis
21/09/2018 às 15H36

A operação denominada Casa de Papel, que ocorreu na madrugada desta sexta-feira (21) e envolveu 80 policias civis e militares, nos bairros Frei Damião e Brejarú, em Palhoça, resultou na apreensão de um adolescente. Ele é um dos três suspeitos do latrocínio que causou a morte de Anésio Sens, de 58 anos, no município de Águas Mornas na última quinta-feira (13). O menor seria o responsável por efetuar o disparo no abdômen que matou a vítima.

Operação aconteceu nos bairros Brejarú e em Palhoça - Polícia Civil/Divulgação
Operação aconteceu nos bairros Brejarú e Frei Damião em Palhoça - Polícia Civil/Divulgação


Segundo a Polícia Civil, nessa operação foram cumpridos três mandados de internação provisória, 14 de busca e apreensão, e sete prisões temporárias. Em uma das casas abordadas, foram encontrados o DVD e a televisão do homem vítima de latrocínio.

“Desde o cometimento do delito estamos buscando informações para entender o ocorrido. Diligências foram realizadas, e conseguimos identificar alguns suspeitos adolescentes e adultos. A informação é que três pessoas invadiram a casa do idoso para cometer o crime, sendo que um foi detido e dois foragidos, porém, um deles já foi identificado”, declarou o delegado Rodrigo Mayer, da Delegacia de Polícia de Águas Mornas, que conduz o caso.

De acordo com a polícia, outras pessoas ainda estão na mira da Polícia Civil, pois além do latrocínio na casa do casal, a polícia busca os suspeitos de terem participado do assalto que aconteceu na casa ao lado dias antes, e que por pouco não acabou em morte. A principal hipótese é de que são os mesmos criminosos agiram nos dois casos.

Relembre o caso

Os crimes aconteceram em rua calma de Águas Mornas e assustaram os moradores. Em um deles, no dia 2 de setembro, a família foi rendida e pertences foram levados pelos criminosos. No outro, Anesio e a esposa foram surpreendidos por assaltantes que entraram pela janela. A mulher foi amarrada e o homem morte com um tiro no abdomen. O carro levado pelos criminosos foi encontrado pegando fogo em São José na última sexta-feira (14).

Publicidade

2 Comentários

Publicidade
Publicidade