Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

5º Encontro Brasileiro de Ilustração Científica expõe mais de 80 obras em Florianópolis

5ª Exposição Nacional de Ilustração Científica e mostra Anatomia de Uma Ilustração acontecem no Museu Histórico de Santa Catarina até 21 de agosto

Marciano Diogo
Florianópolis
Daniel Queiroz/ND
A professora Maria Iñes e o biólogo ilustrador Leandro Lopes, organizadores do Encontro Brasileiro de Ilustração Científica


A ilustração científica começou a ser aprimorada a partir do século 17 com a invenção do microscópio e o surgimento das ciências modernas. Com o tempo, a prática de desenho que procura auxiliar o pesquisador a comunicar conceitos e ideias foi aperfeiçoada por profissionais que buscam constantemente desenvolver suas habilidades na arte de reproduzir a realidade com minuciosidade. Tal prática que promove o cruzamento entre arte e ciência ganha espaço em Florianópolis com o 5º Encontro Brasileiro de Ilustração Científica, que promove quatro palestras e 11 minicursos desta quarta-feira (20) até sábado (23), além de exposições com desenhos de ilustradores de diferentes regiões do Brasil que segue até agosto.

“A ilustração científica comunica algo e normalmente é atrelada a algum tipo de publicação. O encontro nacional tem como objetivo, além de difundir e valorizar a técnica com ações formativas, desmistificar o trabalho com exposições”, afirma o biólogo ilustrador Leandro Lopes, 37 anos, que é coordenador do evento e também idealizador do coletivo artístico Na Casa, localizado na Capital. Lopes trabalha com ilustração científica há mais de uma década e conta que o trabalho é fundamentado no desenho de observação. “Ela se baseia na observação, mas também pode alterar a realidade para torná-la mais legível para quem está a vendo, pode suprimir ou salientar informações que facilitem o entendimento e compreensão do que é representado”, explica.

O artista, que atualmente também traz seus desenhos para a exposição individual Baupläne no espaço O Sítio, na Capital, acrescenta que para produzir a ilustração científica é necessário o uso de lupa e da câmara clara. “São ferramentas que facilitam a reprodução. A lupa funciona como microscópio e a câmara traz um jogo de espelhos que faz com que o ilustrador consiga visualizar o objeto e fazer o contorno do desenho sobre essa imagem”, diz.

A maioria das ilustrações científicas retrata espécies da flora e fauna, mas também podem ser médicas ou paleontológicas. Elas podem ser feitas com nanquim, grafite, aquarela, guache, lápis de cor e acrílico. “Diferente da macrofotografia, a ilustração científica pode explorar a tridimensionalidade do objeto e trazer transparência para o mesmo. É uma técnica que é ciência e arte ao mesmo tempo, precisa de senso estético e conhecimento científico”, afirma Maria Inés Castiñeira, 55, que também é organizadora do encontro nacional e professora de computação e design na Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina).

Daniel Queiroz/ND
Trabalho que envolve arte e ciência ganha espaço com exposição na Capital


Mais de 80 ilustrações em duas exposições 
Foi aberto um edital para selecionar as obras expostas nas exposições de ilustrações científicas que acontecem em Florianópolis. A 5ª Exposição Nacional IC selecionou 78 ilustrações científicas de desenhistas de diferentes Estados, enquanto a mostra “Anatomia de uma ilustração” traz dez obras de ilustradores reconhecidos e ao lado de cada obra há um banner com descrição do processo técnico de construção da ilustração exposta. Ambas as mostras acontecem no Museu Histórico de Santa Catarina.

O Encontro Brasileiro de Ilustração Científica é promovido pela Unic (União Nacional dos Ilustradores Científicos) e já aconteceu em Belo Horizonte em 2006, em Curitiba em 2008, em Brasília em 2010 e no Rio de Janeiro em 2013. Neste ano, são esperados cerca de 150 ilustradores. O encontro traz profissionais de diferentes regiões do Brasil e de países como Portugal, Argentina, Colômbia e Equador.  

O quê: 5ª Exposição Nacional IC e exposição “Anatomia de uma ilustração”
Quando: 
21/07 a 21/08, de terça a sexta-feira das 10h às 18h, fins de semana das 8h às 20h
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina, Palácio Cruz e Sousa, rua Tenente Silveira, 60, Centro, Florianópolis, tel.: (48) 3028-8091
Quanto: Gratuito

O quê: 5º Encontro Brasileiro de Ilustração Científica
Quando: 
De 20 a 23/07, diferentes horários
Onde: Campus Unisul Florianópolis, rua Antônio Dib Mussi, 366, Centro, Florianópolis, tel.: (48) 3279-1000
Quanto: Gratuito, cursos e palestras diferentes valores

O quê: Exposição Baupläne
Quando: 
Até 30/07, segunda a sexta-feira das 9h às 21h, sábados das 14h30 às 19h
Onde: 
O Sítio, rua Francisca Luísa Vieira, 53, Lagoa da Conceição, Florianópolis, tel.: (48) 3065-5792
Quanto: 
Gratuito

Consulte a programação completa do evento através do site https://5ebic.com.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade
Publicidade