Publicidade
Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 28º C
  • 19º C

Volante do presidente: Leco buscou detalhes para trazer Matheus Jesus

Mandatário são-paulino tocou negociação sozinho para chegada do jogador, que deve ser anunciando nesta semana, e procurou pessoalmente até a Ponte para entender seu perfil

LANCE!
São Paulo (SP)

 Matheus Jesus será emprestado até dezembro de 2018  -  PontePress
Matheus Jesus será emprestado até dezembro de 2018 - PontePress

O São Paulo define os últimos trâmites burocráticos para, enfim, anunciar Matheus Jesus, acertado desde a semana passada para assinar até dezembro de 2018. Para alegria do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que fez questão de tocar praticamente sozinho a negociação com o volante de 20 anos.

O dirigente é um entusiasta do jogador e passou à frente até do diretor executivo de futebol Vinicius Pinotti para tentar trazê-lo. Uma de suas primeiras medidas foi procurar a Ponte Preta para entender o motivo de o meio-campista ter sido afastado por indisciplina no começo do ano, e entendeu que não deveria se preocupar.

De acordo com as informações vindas de Campinas, ficou a impressão de que o atleta o atleta pode entrar na linha. Leco não ouviu nenhum problema que o fizesse desistir da contratação. Nem mesmo os episódios que também gerou seu afastamento no Flamengo, que o repassou à Ponte ainda nas categorias de base, com 17 anos de idade.

O presidente ficou certo de que, no São Paulo, Matheus Jesus terá as condições necessárias para pensar apenas em mostrar seu talento. Ele é fã do futebol que o volante sempre mostrou, tanto que foi promovido aos profissionais da Ponte em 2016, com 18 anos, e logo ganhou espaço. Chamou atenção de vez de Leco ao marcar gol sobre o Tricolor, em fevereiro, na vitória por 5 a 2 do time de Rogério Ceni, no Morumbi.

Se a personalidade não era problema, Leco tratou de negociar e logo encontrou uma dificuldade: a ida do meio-campista ao Estoril, de Portugal, estava acordada desde o primeiro semestre. O dirigente, então, aproveitou o bom relacionamento com Fernando Garcia, agente do jogador, e encaminhou o acerto com os portugueses antes mesmo de ser sacramentada sua saída de Campinas.

O clube português fez valer o combinado e acertou o vínculo de cinco temporadas com o volante, mas não dificultou sua liberação ao Tricolor. Matheus Jesus deixou clara a sua preferência por atuar no São Paulo e o Estoril não quis segurar um jogador sem vontade de defender o time.

Matheus Jesus já retornou ao Brasil com salários acordados e, desde a semana passada, está acertado seu empréstimo até dezembro de 2018, com cláusula de compra estipulada em contrato - o valor é mantido sob sigilo. Existe a expectativa de que ele seja apresentado nesta semana para ficar à disposição de Dorival Júnior.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade