Publicidade
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 20º C

Vivendo um drama, Varejão lamenta lesão que o tirou do All-Star Game

LANCE!NET
Divulgação

Cotado para ser o primeiro representante brasileiro no All-Star Game da NBA, o brasileiro Anderson Varejão viveu um drama: por conta de uma embolia pulmonar sofrida no início deste ano, foi forçado a não jogar mais nesta temporada. O pivô, que atravessava grande fase pelo Cleveland Cavaliers, garante que agora vive um dos piores momentos da carreira e que a presença no jogo das estrelas teria sido marcante.- Poderia ter sido uma coisa muito importante para minha carreira. Seria algo histórico para o Brasil. Com certeza foi um dos piores momentos da minha carreira porque foi logo após dois anos de lesões consecutivas. Estava no meu melhor momento e numa jogada boba acabei me machucando. Seria uma lesão até rápida de se recuperar, mas depois veio a notícia da embolia. Essa última foi a mais complicada. Tem que ter muita paciência na recuperação agora - disse Varejão ao NBA Brasil.O brazuka era apontado por muitos como presença certa no jogo festivo, que este ano foi realizado em Houston. Varejão tinha médias de 14,4 rebotes - até então a melhor da Liga - e 14,1 pontos por jogo e era, ao lado de Kyrie Irving, o grande destaque da equipe.- Para falar a verdade, eu achava que ia ser convocado. Todo lugar que a gente ia jogar, a torcida, os técnicos dos outros times, eles vinham comentar comigo que eu ia para o All-Star Game este ano. Isso me conforta um pouco - disse o camisa 17 do Cavaliers.Com todo o seu carisma e estilo de jogo peculiar, Anderson Varejão se tornou ídolo da torcida do Cleveland ao longo das nove tempoiradas que disputou na NBA. A idolatria faz com que alguns torcedores levem perucas ao estádio, em alusão à vasta cabeleira do jogador. E este é um dos principais fatores que fazem o "Wild Thing" (algo como "coisa Selvagem" em inglês), como é apelidado pelos fãs, motivar-se ainda mais para retornar à melhor forma:- Desde que cheguei em Cleveland fui bem recebido. Os torcedores me receberam muito bem. Aqui eu estou mais do que em casa. Eu só me vejo aqui e quero continuar jogando pelo Cavliers por muitos anos.Sem a cabeleira de Varejão desfilando pelas quadras, o Cleveland Cavaliers não conseguiu se classificar para os playoffs da NBA. Na reta final da temporada regular, o time de Ohio é apenas o 13º na Conferência Leste, com a péssima campanha de 24 vitórias e 54 derrotas.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade