Publicidade
Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 22º C

Titular após quase dez meses, Nirley atua os 90 minutos e se diz recompensado

Zagueiro do Brasil de Pelotas ficou bastante tempo afastado dos gramados devido a dura sequência de lesões

LANCE!
Pelotas (RS)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação


A última partida completa que o zagueiro Nirley havia disputado até ontem, havia sido no dia 27 de outubro do ano passado. Na ocasião, o Brasil de Pelotas foi derrotado pelo Oeste por 1 a 0, pela Série B. Ontem (25), pela mesma competição, o jogador voltou, quase dez meses depois, a iniciar e terminar um jogo.

Figueirense e Brasil empataram em 1 a 1 em Santa Catarina, e o ponto foi importante para o Xavante na luta para fugir do Z4, mas ninguém estava mais realizado que o número três do clube de Pelotas.

- Só quem luta tanto tempo para poder voltar a desempenhar a sua profissão sabe o que eu senti ontem. Já havia entrado em outra partida, mas esta foi a primeira em que atuei os noventa minutos. Estou muito feliz e com um enorme sentimento de recompensa dentro de mim. Todo o esforço que eu fiz valeu a pena, e aqui estou eu, definitivamente de volta - disse, emocionado.

Faltando quinze jogos para o fim de sua participação na Série B, o Brasil precisa aumentar o seu aproveitamento para se salvar do rebaixamento.

Com 25 pontos, a equipe gaúcha necessita conquistar ao menos mais vinte nos quarenta e cinco que ainda disputará. Para Nirley, algo que não será simples, mas que é absolutamente possível:

- A diferença entre nós, 18° e o 12° lugar, é de apenas dois pontos. O equilíbrio está muito intenso na segunda metade da tabela e isso nos tranquiliza um pouco, pois nos mostra que uma campanha de razoável para boa deve nos servir. O resultado de ontem mostrou nossa força contra uma boa equipe e nos deu ainda mais confiança.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade