Publicidade
Sexta-Feira, 16 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 26º C
  • 19º C

Tenista brasileiro faz gesto racista durante partida da Davis no Japão

O gaúcho, que perdeu a partida, tentou se explicar em sua conta de Instagram

Folha de São Paulo
São Paulo
16/09/2017 às 13H31

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O brasileiro Guilherme Clezar (número 224 do mundo) fez um gesto racista durante a partida contra o japonês Yuichi Sugita (42º do ranking) pelos playoffs da Copa Davis de tênis, realizada em Osaka, no Japão.

Após o juiz de linha errar a marcação de um ponto do brasileiro no tie-braek e ser corrigido pela revisão por vídeo, Clezar fez um sinal puxando os olhos. O tenista, mais tarde perderia o confronto com o japonês por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 7/5 e 7/6 (5).

Após repercussão negativa do caso, o gaúcho afirmou em publicação em sua conta de Instagram que não teve intensão de ser racista e pediu desculpas pelo gesto.

"Ao acordar aqui no Japão tomei conhecimento de que o gesto que fiz no jogo de ontem [sexta] foi interpretado de forma equivocada. Quero aqui ressaltar que nunca, jamais tive a menor intenção de ser agressivo, racista, preconceituoso ou qualquer coisa do tipo com o povo asiático", escreveu. "Mesmo não tendo intenção preconceituosa, reconheço que o gesto feito não condiz com atitudes de respeito, zelo, solidariedade, emoção e tantas outras coisas que o esporte transmite para nós. Quem convive comigo sabe o quanto sou respeitoso e prezo pela educação, bons modos e zelo nas relações humanas. Minha vontade era poder me desculpar pessoalmente com cada um, mas infelizmente isso não é possível", completou.

"Prometo que aprenderei com isso e jamais tomarei qualquer atitude assim mais uma vez. Espero, do fundo do coração, que este ato errado de minha parte seja perdoado."

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade