Publicidade
Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 30º C
  • 20º C

Técnico do Figueirense lamenta resultado, mas valoriza mudança de postura

"Infelizmente a vitória não veio, saímos chateados, mas mostramos uma mudança de comportamento", disse Márcio Coelho

Matheus Joffre
Florianópolis
01/08/2017 às 22H01

O interino Márcio Coelho lamentou o empate com o Juventude nesta terça-feira (2), após o Figueirense estar vantagem em duas oportunidades, mas ressaltou a mudança na postura da equipe. “Sensação de frustração em virtude de estar duas vezes na frente do placar. Infelizmente a vitória não veio, saímos chateados, mas mostramos uma mudança de comportamento. Na dificuldade temos que nos unir, percebemos a insatisfação dos jogadores com a situação que nos encontramos. Mas a mensagem que fica é de levantar a cabeça para o próximo jogo.

Figueirense fica na frente por duas vezes, mas cede empate e fica no 2 a 2 com o Juventude

O Paysandu é um adversário direto na briga para sair do Z4 , então é um jogo crucial”, avaliou o treinador, que segue no comando do time para o duelo com o Papão. Márcio Coelho também ressaltou que procurou blindar a equipe para as decisões extra-campo do Conselho Deliberativo. “O grupo está 100% focado dentro de campo para atuar da melhor forma possível. Procuramos nos desligar de lá e focar todas as energias para o jogo e, com certeza, não faltou entrega. Nós procuramos passar para os atletas que a partir de agora cada jogo será uma guerra”, destacou.

Márcio Coelho comandou o time nesta terça-feira - Marco Santiago/ND
Márcio Coelho comandou o time nesta terça-feira - Marco Santiago/ND



Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade