Publicidade
Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018
Descrição do tempo
  • 31º C
  • 22º C

Técnico do Criciúma Mazola Júnior sai em defesa de Zé Carlos após pênalti perdido

Centroavante é alvo de críticas do torcedor carvoeiro, mas treinador o classifica como o melhor do time

Redação ND
Florianópolis
12/11/2018 às 20H51

O empate do Criciúma com o CRB, por 3 a 3, no último sábado gerou muita cobrança sobre o time catarinense, especificamente, sobre o atacante Zé Carlos, que perdeu um pênalti ao final do primeiro tempo. Naquele momento do jogo, a equipe da casa vencia por 2 a 1. O técnico Mazola Júnior saiu em defesa do maior atacante da história da Série B, com 91 gols – sendo 46 só pela equipe do Sul do Estado.

Recuperado de lesão, Zé Carlos volta ao time titular do Criciúma (Foto: Caio Marcelo/Criciúma EC) -
Zé Carlos é o maior artilheiro da história da Série B (Foto: Caio Marcelo/Criciúma EC)

“As cobranças são maiores em cima dos jogadores mais importantes. Não vamos crucificá-lo. Mesmo com todos os problemas de saúde que o Zé tem, ele é o melhor centroavante nosso e o único com essa característica de área. Aqui todos ganham e todos perdem jogo juntos”, explicou o treinador.

Restando apenas duas rodadas para o fim do campeonato, o técnico se preocupa com o desgaste físico. Pensando nisso, ele tem feito alterações no time, tanto antes como durante o jogo. “São necessárias para a gente acomodar a situação de cada jogador, sem comprometer o rendimento da equipe”, explicou.

Agora o Criciúma voltará a campo no próximo sábado, às 19h30, para enfrentar o Vila Nova. Como o time goiano ainda luta pelo acesso, o confronto no estádio Serra Dourada é considerado difícil pelo treinador. O time catarinense está em 15º, com 43 pontos e ainda corre risco de rebaixamento. Na última rodada, o seu adversário vai ser o Sampaio Corrêa, já rebaixado, no estádio Heriberto Hülse, diante da torcida. 

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade