Publicidade
Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Descrição do tempo
  • 24º C
  • 18º C

Suárez sabe como fazer gol no francês Lloris, e já contou em livro

Em sua biografia, lançada em 2014, o uruguaio encheu de elogios o goleiro adversário no jogo desta sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, mas indicou como batê-lo

LANCE!
São Paulo (SP)

Para enfrentar a França, às 11h (de Brasília) desta sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo, o Uruguai tem à disposição um especialista em fazer gol em Lloris. Ao menos, na teoria. Luis Suárez já escreveu até em livro a melhor forma de balançar as redes do seu adversário.

Em sua autobiografia, intitulada "Mi vida, Luis Suárez" ("Minha vida, Luis Suárez", em tradução livre em português), lançada em 2014, enquanto o atacante cumpria a suspensão pela mordida em Chiellini na Copa do Mundo daquele ano, o jogador enche o goleiro do Tottenham de elogios. Mas, também, ensina um antídoto para suas qualidades.

"Hugo Lloris sempre sai, é rápido, muito rápido nas saídas. Você sabe que tem que reagir rapidamente ou ele vai te deixar sem espaço, mas também tem a possibilidade de encobri-lo, porque vai sair da linha do gol. Ele é realmente muito bom, embora às vezes tenha um excesso de confiança, mas tem agilidade e velocidade de reação raras de se encontrar. Ele é um exemplo" (página 206, editora Planeta)

Suárez já enfrentou Lloris seis vezes, mostrou que sabe aplicar sua teoria, fazendo quatro gols, vencendo três desses jogos, empatando dois e perdendo apenas um. Foram dois encontros entre ambos pelas seleções e outros quatro em duelos entre Liverpool (clube do atacante entre 2011 e 2014) e Tottenham (onde atua Lloris desde 2012). E o camisa 9 da Celeste

O primeiro encontro entre eles foi em 28 de novembro de 2012, e Suárez perdeu por 2 a 1, sem fazer gol. Mas, depois, sempre balançou as redes contra o goleiro pelo Liverpool. Em 10 de março de 2013, Suárez recebeu no bico da pequena área e aproveitou a saída rápida de Lloris para tocar de primeira, bem perto da trave, abrindo a vitória por 3 a 2, em casa.

Em 15 de dezembro de 2013, Lloris sofreu com um show de Suárez na vitória por 5 a 0 do Liverpool, na casa do Tottenham. O uruguaio deu a assistência para Flanagan e Sterling balançarem as redes, provocou o rebote no gol de Henderson e marcou duas vezes, uma delas exatamente encobrindo Lloris, como ensina em seu livro.

A última vez em que Suárez balançou as redes do francês foi em 30 de março de 2014. 4 a 0 para o Liverpool diante do Tottenham, e o uruguaio saiu diante de Lloris e batendo rasteiro, com a bola quase tocando a trave esquerda, para deixar sua marca.

Pela seleção, contudo, Suárez ainda não venceu nem marcou gol sobre Lloris. Os dois encontros entre Uruguai e França com ambos em campo terminaram 0 a 0, tanto em amistoso em 19 de novembro de 2008, em Saint-Denis, na França, quanto na fase de grupos da Copa do Mundo de 2010, em 11 de junho daquele ano, na estreia dos times no Mundial na África do Sul.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade