Publicidade
Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 23º C
  • 18º C

Shaqiri e paciência: como a Suíça conquistou a primeira virada da Copa

Sob o comando do veloz atacante, os suíços bateram a Sérvia por 2 a 1, em Kaliningrado, e agora dependem de um empate ou de uma vitória para irem às oitavas de final do torneio

LANCE!
São Paulo (SP)

Suíços comemoram a primeira vitória de virada nesta edição da Copa do Mundo (Foto: AFP)
Suíços comemoram a primeira vitória de virada nesta edição da Copa do Mundo (Foto: AFP)


Foi um jogo equilibrado, mas graças a Shaqiri e aos desperdícios sérvios, a Suíça conseguiu a primeira virada desta edição da Copa do Mundo aos 44 minutos do segundo tempo e bateu a Sérvia por 2 a 1, em Kalinigrado, nesta sexta-feira.

Com o primeiro gol tendo sido marcado por Mitrovic, da seleção sérvia, os suíços tiveram paciência para controlar o jogo, dominar o ímpeto adversário e chegar aos gols necessários para a virada: primeiro com Xhaka e depois com o ótimo Shaqiri. O resultado leva a definição do Grupo E para a última rodada. A Suíça, agora, só depende de uma vitória ou de um empate contra a eliminada Costa Rica para se classificar.

Pressão sérvia, ensaio e gol
Os sérvios pareciam dispostos a resolver logo a partida e não esperaram a fase de estudos de uma seleção e outra. Partiu para cima da suíça e teve uma ótima chance de gol em cruzamento de Tadic e cabeceio de Mitrovic, mas o goleiro Sommer impediu com uma defesaça. No entanto, era só o ensaio. No lance seguinte, outro cruzamento de Tadic e agora Mitrovic cabeceou sem chances para o arqueiro suíço.

Suíça equilibra, Sérvia erra passes
O gol sofrido pareceu ter despertado os suíços, que responderam logo em seguida e passaram a dominar o jogo com mais de 60% de posse de bola durante boa parte da primeira etapa. Enquanto isso a Sérvia que, quando chegou ao ataque, levou perigo por conta da qualidade dos jogadores em seu setor ofensivo, exagerou nos erros de passe: 26% contra apenas 12% da Suíça no primeiro tempo.

Por que faz isso, Dzemaili?
Embora a Sérvia tenha levado mais perigo na etapa inicial, a Suíça fez valer o seu domínio e conseguiu dar sustos nos zagueiros adversários. E o principal agente dessas jogadas foi o meio-campista Dzemaili, que teve pelo menos três boas oportunidades. Uma chutou para fora, a outra foi parado com incrível defesa de Stojkovic e a última não foi possível identificar se era um chute ou um passe.

Xhaka Xhaka na Mu... Sérvia
O segundo tempo chegou e com ele um jogo ainda mais equilibrado. Enquanto a Sérvia produziu suas chances sob o comando do ótimo Milinkovic-Savic, a Suíça respondia com ataques em velocidade e chutes potentes, principalmente com Shaqiri. Em uma dessas bombas, a bola bateu em Kolarov, que evitou o gol, e sobrou para Xhaka, que emendou outro chutaço para estufar a rede de Stojkovic. Golaço do meio-campista do Arsenal.

Esses sérvios maravilhosos... e displicentes
Mitrovic, Tadic e Milinkovic-Savic, além das chegadas de Kolarov e Matic, formam um grupo de qualidade ofensiva e realmente as coisas acontecem quando eles se juntam, mas os erros de passe na transição no meio-campo mataram várias jogadas, sem contar a falta de caprichou e/ou excesso de confiança na conclusão dos lances.

Bola no Shaqiri e primeira virada da Copa
A Suíça manteve seu domínio na posse, mas aproveitou os erros de passe da Sérvia para determinar sua condução do jogo. Quando recuperava a bola, logo entregava para Shaqiri que, com força e velocidade, fazia a defesa adversária sofrer. No entanto, pela falta de um jogador de qualidade no comando do ataque, os lances se perdiam. Foi quando ele recebeu sozinho, ganhou na velocidade e tocou na saída de Stojkovic. Virada suíça, a primeira da Copa.

Situação do Grupo E
Com a vitória por 2 a 1, a Suíça vai a quatro pontos e ocupa a vice-liderança do Grupo E da competição. Se vencer a Costa Rica ou mesmo empatar, na próxima quarta-feira, às 15h, a seleção suíça garante classificação para as oitavas de final. Em caso de derrota, torce para uma derrota da Sérvia que, se vencer o Brasil, também às 15h de quarta, terá vaga garantida na próxima fase, se empatarem, precisará que os suíços não pontuem. Uma derrota, porém, elimina os sérvios.

FICHA TÉCNICA
SÉRVIA 1 X 2 SUÍÇA
Local:
Kaliningrado Stadium, Kaliningrado (RUS)
Data-Hora: 22/6/2018 - 15h (horário de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)
Público: 33.167 torcedores
Cartões amarelos: Mitrovic, Matic, Milivojevic e Milinkovic-Savic (SER), Shaqiri (SUI)
Cartões vermelhos: -
Gols: Mitrovic (5'/1ºT) (1-0); Xhaka (7'/2ºT) (1-1); Shaqiri (44'/2ºT) (1-2);

SÉRVIA: Stojkovic; Ivanovic, Milenkovic, Tosic e Kolarov; Matic e Milivojevic (Radonjic, aos 34'/2ºT); Tadic, Milinkovic-Savic e Kostic (Ljajic, aos 18'/2ºT); Mitrovic. Técnico: Mladen Krstajic.

SUÍÇA: Sommer; Lichtsteiner, Schar, Akanji e Ricardo Rodríguez; Behrami, Xhaka e Dzemaili (Embolo, aos 26'/2ºT); Shaqiri, Zuber (Drmic, aos 48'/2ºT) e Seferovic (Gavranovic, no intervalo). Técnico: Vladimir Petkovic.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade