Publicidade
Sábado, 22 de Setembro de 2018
Descrição do tempo
  • 27º C
  • 18º C

Segundo dia do Hang Loose Pro Contest tem Medina na água e melhor onda surfada por local

Yago Dora arrancou um nove, a melhor nota do campeonato até agora, Medina avançou na dobradinha com a promessa catarinense Mateus Herdy e Ian Gouveia passou graças à uma interferência

Matheus Joffre
Florianópolis
02/11/2016 às 19H41

Quem acordou cedo e pegou a estrada para a Joaquina neste feriado de Finados não se arrependeu. Apesar do trânsito intenso, ver o campeão mundial Gabriel Medina e outras jovens promessas do surfe catarinense, como Mateus Herdy, Ian Gouveia e Yago Dora, que surfou a melhor onda do campeonato até agora, avançarem para o round 3 do Hang Loose Pro Contest – 30 anos, etapa do WSL Qualifying Series 6.000, fez a espera valer a pena. Novo local de Florianópolis e também campeão do mundo, Adriano de Souza, o Mineirinho, que se mudou para a Ilha no ano passado, encerra o round 2 na quarta bateria desta quinta.

Ian Gouveia de um passo importante para deu um passo importante para garantir uma das dez vagas na elite em 2017 - Flávio Tin/ND
Ian Gouveia de um passo importante para deu um passo importante para garantir uma das dez vagas na elite em 2017 - Flávio Tin/ND



Com ondas de 3-4 pés, o dia de sol atraiu uma multidão à praia. Uma energia que lembrou o histórico evento de 1986, que recolocou o Brasil no calendário do circuito mundial. “Está bonito de ver a praia cheia assim, com ondas boas. Espero que continue assim até o fim do campeonato. Para quem esteve aqui em 86, passa um filme na nossa cabeça”, afirmou o diretor de prova e organizador da primeira edição do Hang Loose, Flavio Boabaid.

Gabriel Medina foi o destaque de quarta-feira, na quinta bateria do dia na abertura do segundo round. Antes de entrar na água, o atual vice-líder do ranking mundial foi ovacionado pela torcida, que fez um corredor para sua passagem. Mas antes da entrada do campeão mundial, o surfista local da Joaquina Mateus Herdy, que estava na mesma bateria, também recebeu o apoio da torcida. Os dois protagonizaram uma dobradinha brasileira, com Medina passando em primeiro lugar, com 11.03, e Herdy na segunda colocação, com 8.70. “Eu nunca tinha passado por isso. Estava todo mundo na praia pra ver o Medina e como eu passei pra água antes, teve uma hora que eu fui o centro das atenções. Fiquei feliz de avançar em segundo lugar”, comemorou Mateus.

À tarde, a torcida era toda para o pernambucano Ian Gouveia, que cresceu em Florianópolis e morou na Ilha até o ano passado. Quinto colocado no QS, o filho da lenda Fabinho Gouveia correu na 14ª bateria do round 2 e deu um passo importante para garantir uma das dez vagas na elite em 2017. Nos segundos finais, Jorgann Couzinet, da Ilha Reunião, foi punido por uma interferência na onda que tinha a prioridade de Ian e acabou classificando o brasileiro, que agora precisa avançar mais três baterias para carimbar o passaporte para o CT. “Eu estava tranquilo. Sabia que se viesse uma onda, era minha, eu precisava de pouco pontos. Mas nunca tinha tido essa sorte, ainda mais nos últimos segundos. Acho que veio na hora certa, foi um presente de Natal antecipado. Agora é só manter o mesmo foco nas próximas baterias, é minha cabeça que vai decidir essa vaga”, ressaltou Ian.

Para completar o excelente dia dos brasileiros, Yago Dora, outro local e filho de Leandro Grilo, treinador do Mineirinho, surfou a melhor onda do campeonato até o momento. Logo em sua primeira onda, Yago mandou um aéreo inesperado e arrancou uma nota 9 dos juízes. “Formou uma sessão muito lá no inside, parecia não ser uma onda tão boa quando eu remei pra ela, ninguém acreditou no potencial dela e eu arrisquei e acabou sendo a melhor onda do campeonato até agora. Surfe é muito assim, quando você não espera vem uma onda que forma no inside e você tira uma nota alta, foi legal começar desse jeito e me deu mais confiança para o restante da bateria”, explicou Yago.

Publicidade

0 Comentários

Publicidade

Escolha seu time

  • Chapecoense
  • Criciúma
  • Figueirense
  • JEC
  • Avaí
Publicidade